Startup que fornece treinamento de vendedores por meio de games capta R$ 2 milhões

Em uma rodada que uniu crowdfunding e associações de investidores como a Poli Angels, a salestech brasileira Play2Sell, fundada em 2018, acaba de anunciar uma captação de R$ 2 milhões. Plataforma especializada no treinamento de vendedores por meio de games no Brasil, a empresa já possui uma relevante participação no mercado imobiliário com clientes como MRV, Lopes, Remax, Direcional, Eztec, Helbor, entre outros.

De acordo com Felipe dos Santos, CEO e fundador da Play2Sell, a nova rodada tem como objetivo principal a expansão da operação de suas soluções em diversos segmentos econômicos, além de implementar melhorias no produto.

“Queremos ampliar nossa presença no mercado, atingindo principalmente o varejo e as indústrias automotiva, farmacêutica e manufatureira. São setores que também demandam maior qualificação e conhecimento dos vendedores, uma vez que atendem clientes mais exigentes e bem informados. Para isso, nada melhor do que capacitar esses profissionais de uma maneira leve, engajadora e que ainda por cima trazem resultados melhores”, afirma.

O aporte também será fundamental para a startup dobrar o número de colaboradores até o final do ano – atualmente são 14 no total. “Como vamos investir bastante no aperfeiçoamento do game e de seu algoritmo, a maior parte das contratações será direcionada para a área de Produto e Desenvolvimento. Também vamos reforçar de forma consistente o time de Marketing”, revela Felipe.

Ainda segundo o empreendedor, a escolha pelo crowdfunding nesta rodada de captação teve como objetivo abrir a possibilidade dos clientes e entusiastas também se tornarem sócios da Play2Sell. “Isso teve um peso muito grande. Com a captação, conseguimos adicionar mais de 500 investidores ao negócio. Muitos também são executivos da área comercial e, com certeza, vão nos ajudar bastante com ideias e até mesmo com indicações de futuros parceiros”, avalia.

Raio-x

Anteriormente, a startup já havia captado dois rounds de investimento. O primeiro, levantado logo no início da operação (março de 2018), foi na ordem de R$ 200 mil e contou com a participação de 11 investidores-anjos. Um ano depois, a companhia captou mais de R$ 650 mil junto a Bossa Nova Investimentos e outros grupos de referência no mercado. “Mesmo em um cenário difícil, conseguimos continuar crescendo durante a pandemia. Isso propiciou a abertura deste novo round no final de 2020”, afirma o CEO.

Atualmente a Play2Sell conta com mais de 5 mil usuários ativos, a grande maioria oriunda do mercado imobiliário. Com estímulos corretos e maior poder de interação, a plataforma da startup transforma os treinamentos tradicionais dos vendedores numa jornada divertida e engajadora. Para isso, é utilizado um aplicativo de celular, onde os games visam empoderar vendedores com estímulos e informações.

“Os parceiros que estão conosco há pelo menos um ano percebem um substancial aumento em suas taxas de conversão de vendas. Isso ocorre porque o nível de entendimento dos profissionais cresce, melhorando de forma significativa a experiência de compra do cliente”, conclui Felipe.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.