O estudo ‘Food Techs’ da Liga Insights mostrou que as startups com soluções voltadas ao setor de alimentos, conhecidas como foodtechs, tiveram um crescimento de 246% nos últimos 10 anos. As vendas do mercado foodtech também cresceram 13,2% ao ano. No total, são 322 startups no segmento. É neste cenário que nasceu o ChefsClub, um dos maiores clubes de gastronomia do país com mais de 3 mil opções de restaurantes, 70 mil assinantes e presença em 25 cidades.

Com o objetivo de expandir o negócio e se tornar o Airbnb da gastronomia, a foodtech acaba de realizar uma captação por meio de financiamento coletivo na plataforma de crowdfunding da SMU.  Em pouco mais de 30 dias, o ChefsClub captou R$ 4,3 milhões – passando um milhão a mais que o alvo, que era de R$ 3,5 milhões.  No modelo, os investidores fizeram aportes mínimos de R $5 mil em troca de 14.29% de participação da startup.

Com os recursos levantados eles projetam alocar investimentos em tecnologia e experiência do usuário. Entram na nova interface também questões como cardápio, fotos, dados de contato e avaliações. Além de uma curadoria utilizando listas específicas – como as premiações Veja Rio, Paladar Estadão, restaurantes favoritos do Fogaça, dentre outras – será o ChefsClub Select, tal qual o Airbnb Plus ou 5º Andar Originals.

O ChefsClub atua com o objetivo de oferecer a melhor experiência para clientes fãs da boa comida. No aplicativo, é possível conhecer novos estabelecimentos por indicação do próprio serviço ou pesquisar por meio de filtros tais como tipo de culinária, preço médio e localização; reservar mesa a distância para evitar filas de espera; e acessar descontos e benefícios exclusivos. A assinatura anual custa R$ 179 mensais.

Segundo Fabrizio Serra, CEO da startup, a captação será alocada em tecnologia e experiência do usuário. Entre os novos avanços projetados para a plataforma estão a centralização de dados dos estabelecimentos, como cardápios e fotos, apresentação de listas e curadoria com base em premiações e celebridades da gastronomia, dentre outros lançamentos.

“Atualmente, 69% dos nossos clientes recorrem às indicações da plataforma para conhecer novos restaurantes, um resultado incrível de reconhecimento da nossa seleção minuciosa de restaurantes. A partir de um posicionamento conciso e excelentes opções gastronômicas, nos tornamos o maior clube de benefícios no setor. Conquistamos até aqui a confiança dos estabelecimentos e o reconhecimento de qualidade dos nossos assinantes. Atuamos em um mercado que emprega 6 milhões de pessoas no Brasil e temos responsabilidade com o que fazemos. A partir desta rodada de captação acredito que agregaremos ainda mais serviços de excelência para a nossa comunidade, que não para de crescer”, pontua Fabrizio.

Ultrapassando players de foodtech como The Fork e Duo Gourmet, o ChefsClub atua diferentemente de outras ferramentas para gestão de fila, reserva ou cardápio digital, pois conecta clientes, em uma estratégia similar ao Open Table e Booking, e não cobra o restaurante por estas funcionalidades, uma vez que monetiza na assinatura do consumidor, desde 2021, no momento da transação e na assinatura.

Próximos passos da operação

Um dos pontos principais a serem investidos pelo ChefsClub é a compilação das informações mais relevantes sobre os restaurantes em um só lugar. Entram na nova interface questões como cardápio, fotos, dados de contato e avaliações. Além de uma curadoria utilizando listas específicas – como as premiações Veja Rio, Paladar Estadão, restaurantes favoritos do Fogaça, dentre outras – será o ChefsClub Select, tal qual o Airbnb Plus ou 5º Andar Originals.

“Estamos construindo ferramentas gratuitas com o que há de mais avançado em tecnologia, afinal, somos um dos poucos licenciados pela Algolia AI, no Brasil. Estas inovações ajudam o restaurante em sua operação ao mesmo tempo que oferecem soluções que os conectam aos clientes. Assim, com as ferramentas dos restaurantes gerando funcionalidades para os consumidores, enriquecemos a experiência do consumidor e atraímos mais usuários para a plataforma, o que por sua vez atrai mais restaurantes para utilizar nossas soluções, melhorando ainda mais nossa curadoria”, finaliza o CEO.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.