Em rodada Series B, Fintech Cora capta US$ 116 milhões

A Cora anuncia nova rodada de investimentos, poucos meses depois de divulgar aporte em Séries A. Desta vez, a fintech, que tem como foco se tornar uma aliada financeira para as PMEs, levantou US$ 116 milhões – mais de R$ 600 milhões– como rodada Series B.

O investimento é liderado pelo fundo americano Greenoaks Capital, que decidiu antecipar a rodada, prevista para 2022. Participam também Ribbit Capital, Kaszek Ventures, QED Investors, Tiger e Tencent, esses dois últimos como novos investidores. “Não esperava a Series B tão cedo. Mas os nossos resultados fizeram os investidores adiantarem a rodada. Tudo na Cora é rápido”, conta Igor Senra, CEO e um dos fundadores da Cora. 

A antecipação veio de um movimento do fundo, que entendeu o compromisso da Cora com os empreendedores e a dedicação em ofertar produtos e serviços nunca vistos antes no mercado. “Chegamos para libertar os pequenos negócios dos grandes bancos e suas burocracias. Enfrentamos toda a papelada, demora, e falta de apoio das instituições financeiras com um produto simples e acessível. Não queremos só desafiar um sistema que não funciona, queremos oferecer um serviço que faça sentido para deixar a escolha de empreender mais leve”, explica Senra. 

Em abril deste ano, o banco digital, que é dedicado em oferecer soluções financeiras para pequenas e médias empresas, havia recebido US$ 26,7 milhões na Series A, liderada pela Ribbit Capital com participação de todos os fundos citados, menos os dois novos. Antes disso, no final de 2019, a Cora recebeu o maior investimento seed da América Latina (US$ 10 milhões), liderado pela Kaszek junto com a Ribbit. Ao todo, a empresa já soma US$ 152,7 milhões em investimentos, quase R$ 800 milhões na moeda brasileira. 

O novo investimento será destinado para o crescimento da fintech, nas áreas de tecnologia, produtos de crédito e operação. O produto da Cora foi lançado oficialmente em outubro de 2020 e já conta com mais de 130 mil clientes e tem meta de ultrapassar os 380 mil até o fim do ano. 

As ações para atingir esse número estão a todo vapor. A empresa aumentou mais de 50% o quadro de colaboradores, sendo que quase todos já se tornaram sócios por meio do programa de partnership. Além de apostar na liderança feminina, com a recém contratação de duas mulheres C-Level: Susana Yamamoto como CFO (Chief Financial Officer) e Mônica Leite como CLO (Chief Legal & Compliance Officer). “A diversidade traz mais experiência e conhecimento”, explica o fundador. 

A fintech tem autorização do Banco Central e se tornou instituição financeira no ano passado (banco 403), oferecendo um leque de soluções, que vão desde a conta digital, cartão de débito Visa, PIX sem taxas, até ferramentas de gestão. A empresa ainda apresentará novidades que serão anunciadas em breve. Todas para ajudar a jornada do pequeno e médio empreendedor brasileiro.

Foto de destaque: Igor Senra, CEO e um dos fundadores da Cora. 


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.