A CMR Surgical, empresa global de robótica cirúrgica, recebeu um aporte de US$ 600 milhões (£425 milhões) em rodada de financiamento série D. A rodada foi liderada pelo SoftBank Vision Fund 2 e coliderada pelo Ally Bridge Group e apoiará a missão da empresa de tornar a cirurgia minimamente invasiva acessível para mais pessoas, em todo o mundo. Os fundos serão utilizados para aumentar a comercialização global do Versius®, sistema robótico cirúrgico de última geração da CMR, e desenvolver ainda mais seu ecossistema digital.

A CMR trabalha com cirurgiões e hospitais para fornecer uma ferramenta para tornar a cirurgia robótica minimamente invasiva universalmente acessível. O tamanho, a portabilidade e a versatilidade do Versius o tornaram muito popular junto a hospitais e cirurgiões de todo o mundo. Como parte da contínua expansão internacional da CMR, o robô foi lançado com sucesso em várias partes do mundo, incluindo Europa, Austrália, Índia e Oriente Médio.

A Série D garante o financiamento para executar plenamente a estratégia da CMR de acelerar rapidamente sua expansão geográfica e se baseia na estrutura que a empresa estabeleceu para desenvolver um negócio global independente em longo prazo. Os novos fundos também apoiam o desenvolvimento contínuo da estrutura digital do sistema, incluindo novos desenvolvimentos tecnológicos como o Versius Connect, um aplicativo para cirurgiões que usam o sistema robótico cirúrgico Versius.

“Este último financiamento equipa a CMR com fundos significativos para acelerar nossa missão de levar o Versius aos hospitais em todo o mundo, ao mesmo tempo em que proporciona total flexibilidade para atingir nossos objetivos. Esta grande injeção de capital que agora nos avalia em US$ 3 bilhões não só reflete o nível de interesse que vimos em nosso produto, mas também a escala do negócio, e permitirá desenvolvimentos tecnológicos significativos e expansão global”, comenta Per Vegard Nerseth, CEO da CMR.

O sócio gerente da SoftBank Investment Advisers, Yanni Pipilis, declara que: “A demanda por cirurgia robótica minimamente invasiva está crescendo rapidamente entre cirurgiões e pacientes, mas os custos elevados têm dificultado historicamente sua adoção. A CMR Surgical está transformando a robótica cirúrgica em novos mercados internacionais onde as cirurgias robóticas são menos prevalentes, como Índia, Oriente Médio e América Latina, convertendo procedimentos abertos e laparoscópicos manuais em procedimentos robóticos. Estamos ansiosos para trabalhar com a CMR em sua missão de tornar a cirurgia robótica minimamente invasiva disponível para todos”.

O financiamento recebeu o apoio de outros novos investidores internacionais, incluindo RPMI Railpen, Tencent e Chimera, ampliando o escopo geográfico da base de acionistas. Investidores existentes, incluindo LGT e sua plataforma de investimento de impacto afiliada Lightrock, Watrium, Cambridge Innovation Capital, PFM Health Sciences e GE Healthcare, também participaram da rodada.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.