Ir para o conteudo

Startup que facilita a gestão de aulas on-line recebe investimento

Pontue, plataforma SaaS de aprendizagem que facilita a gestão de aulas on-line e agiliza a correção de redações e tarefas, captou R$ 500 mil em sua primeira rodada de investimentos, com aportes da venture builder WE Impact, WIM Angels, e da Eleva Educação.

Com o valor captado, a startup de Ribeirão Preto (SP) pretende acelerar ainda mais o avanço exponencial que já vem experimentando, dedicando-se a escalar o processo de vendas e crescer até 360% em relação ao ano passado.

História da Pontue

Fundada em 2017 pela professora de Língua Portuguesa Cris Miura, CEO, e pela bacharel em Direito Livia Toledo, COO, a Pontue conta com 201 escolas parceiras, 35 mil alunos de escolas públicas e privadas, e uma base com mais de 1,7 mil educadores.

Entre outras funcionalidades, a solução permite ao professor construir um plano de aula on-line, de forma rápida e descomplicada: ele seleciona o objetivo da aprendizagem, escolhe a videoaula, apostila ou atividade que irá compor a jornada e libera para o aluno. Por meio do celular ou notebook, o aluno acessa o plano, estuda e aprende no próprio ritmo, de forma totalmente personalizada. 

A startup utiliza, para a correção de redações, ferramentas de feedbacks personalizados, tais como recursos de Inteligência Artificial e de Planos de estudo, além de solução de análise de dados para identificação de discrepância de notas, e tecnologia screencast (vídeo que grava o que acontece na tela do computador).

De acordo com Cris, os recursos financeiros investidos pela WE Impact, WIM Angels e Eleva Educação deverão ser empregados em marketing e vendas, alavancando o canal de inbound marketing e tecnologia, ampliando a elasticidade do produto e a capacidade de escala para suportar o aumento da base de escolas e alunos. 

A fundadora explica que a captação visa ainda a escalar e tracionar o impacto e as transformações que as soluções da Pontue trazem para o dia a dia das escolas: “as instituições de ensino estão buscando tecnologias que permitam potencializar as jornadas do professor e do aluno, descomplicando processos e utilizando dados de maneira inteligente. É nossa responsabilidade contribuir com as escolas nesse desafio”, afirma.

Sobre o investimento

Cris conta por que as três instituições escolhidas para aportar capital na Pontue são estratégicas. “O Eleva é o maior grupo de educação básica do País: são 120 mil alunos distribuídos em 175 unidades, em 16 estados. Essa parceria permite ampliar nosso acesso às escolas de educação básica. Além disso, há uma sinergia muito alta no que diz respeito à nossa visão sobre como a educação pode transformar a vida dos jovens brasileiros”, diz a CEO. 

“Nessa mesma lógica de convergência de visões de futuro, a WE Impact integra nosso board para somar, tanto do ponto de vista de novos negócios, como de acesso à tecnologia de ponta, já que nos conecta à maior empresa de tecnologia do mundo, a Microsoft”, acrescenta.  

O que dizem os investidores

Primeira venture builder dedicada a mulheres líderes de startups, além do investimento financeiro, a WE Impact oferece às suas investidas uma rede qualificada de conexões — que inclui, além da  Microsoft, outras grandes corporações como Flex, Multilaser, Grupo Sabin, Porto Seguro, e o fundo de investimento WE Ventures —, apoiando seu desenvolvimento e preparação para próximos rounds de captação de recursos. 

“Em termos de produto, na Pontue, trabalharemos o aperfeiçoamento da IA utilizada e da experiência do cliente. Já na operação, o foco será na otimização de processos de backoffice (departamentos que mantêm nenhum ou pouco contato com os clientes) e na adoção de práticas de growth (estratégia de crescimento acelerado)”, explica Lícia Souza, CEO da WE Impact, que já investiu mais de R$ 1,5 milhão no empreendedorismo feminino tecnológico desde a sua fundação, em 2019. A empresa acredita na diversidade como uma vantagem competitiva, utilizando-a como pilar para construir um ecossistema mais inclusivo e, consequentemente, mais inovador. 

Já para a WIM Angels, o investimento na Pontue marca a estreia da rede, fundada por 13 investidoras de Curitiba (PR) com o propósito de incluir mais mulheres no universo de investimentos anjo e empoderar empreendedoras na construção de negócios de base tecnológica e de inovação. O aporte foi realizado por meio de parceria de co investimento com a WE Impact. “Queremos auxiliar a startup a expandir sua atuação para a região Sul, especialmente em Curitiba, onde temos uma ampla rede de contatos que poderá ser estratégica para impulsionar o negócio”, afirma Marcia Beatriz Cavalcante, presidente da WIM Angels.

Já o Eleva Educação, que realizou o investimento por meio do Patio, seu braço de produtos inovadores e tecnológicos, destaca que a Pontue tem uma visão muito alinhada com a do Grupo, onde a preocupação com a qualidade pedagógica é central para o desenvolvimento das escolas e dos produtos.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.