Ir para o conteudo

Fintech de soluções para empréstimos recebe aporte de R$ 40 milhões

A FinanZero, fintech de capital sueco que opera como buscador de empréstimos online para encontrar crédito pessoal junto a instituições financeiras parceiras, anunciou a captação de R$ 40 milhões em sua quarta rodada com a participação dos fundos suecos VEF, Dunross & Co e Atlant Fonder e outros investidores. Os três fundos já haviam investido na startup em rodadas anteriores.

“O volume de pedidos de crédito em nossa plataforma segue crescendo exponencialmente com uma média de 750 mil solicitações mensais que são recebidas e analisadas por mais de 50 instituições parceiras. O mercado de crédito já sentiu uma retomada desde o segundo semestre de 2020 e precisávamos de maior suporte de capital para levarmos a FinanZero a um novo patamar. Iremos investir na aquisição de clientes, desenvolvimento de produtos e contratação de talentos”, assinala Olle Widén, CEO da FinanZero.

“Voltar a apoiar financeiramente empresas do nosso portfólio e seus fundadores quando estão entregando o nível de crescimento e a criação de valor da FinanZero é uma decisão muito mais fácil para nós, investidores. Olle e o time da FinanZero estão em um momento de aceleração da jornada da startup e com este capital adicional estamos confiantes que podem seguir seu caminho para se consolidarem como o marketplace de crédito líder em um dos segmentos com claras oportunidades de escalabilidade no ecossistema de fintechs brasileiro”, acrescenta David Nangle, CEO do VEF.

Fundada em 2016 pela Webrock Ventures, Zentro Global Partners e o empresário Olle Widén, a FinanZero recebeu neste mesmo ano seu primeiro aporte do VEF, até então o primeiro feito pelo fundo no Brasil, dando início ao seu plano de expansão no acelerado mercado de fintechs brasileiro. Incluindo este novo aporte, no total, já foram investidos US$ 22,85 milhões na FinanZero.

Segundo Widén, o avanço da tecnologia implantada pela fintech para análise de crédito e o fato do número de parceiros financeiros integrados na sua plataforma ter aumentado 40% em 2020 levaram a um crescimento de 65% nas solicitações de empréstimos no ano passado, registrando um processamento de, em média, 25 mil pedidos por dia.

“Possivelmente como um reflexo da crise e do desemprego, mas também pela necessidade de empreender e se reinventar, o volume de buscas na nossa plataforma disparou e nossa expectativa é fecharmos 2021 com um crescimento de 80% nas requisições de empréstimo pessoal”, analisa o CEO da FinanZero.

“Estamos democratizando o acesso ao mercado de crédito e incluindo no sistema financeiro novos consumidores que antes não conseguiam aprovação pela falta de informação e de análise dos perfis. Conseguimos ampliar a oferta de recursos aos tomadores de crédito através do uso de algoritmos sofisticados que garantem maior segurança às instituições no momento de decidir pela concessão ou negativa do empréstimo”, finaliza.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.