A Creditas, uma das principais plataformas online de crédito com garantia do Brasil, anunciou hoje um aporte de US$255 milhões. A rodada Series-E traz novos sócios internacionais para a startup, incluindo LGT Lightstone, Tarsadia Capital, Wellington Management, e.ventures e Advent International, via sua afiliada Sunley House Capital.

Adicionalmente, os acionistas atuais SoftBank Vision Fund 1, SoftBank Latin America Fund, VEF, Kaszek Ventures e Amadeus Capital Partners também participaram do investimento. Com o novo aporte, a Creditas agora está avaliada em US$ 1,75 bilhão, tornando-a, portanto, o novo unicórnio brasileiro.

“O novo capital vai nos permitir continuar avançando em nosso objetivo de ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos”, afirmou Sergio Furio, CEO e fundador da Creditas. Ainda com o novo investimento, a empresa pretende continuar o processo iniciado em 2019 de ampliar sua oferta de produtos em três grandes avenidas:

– Fintech: um ecossistema completo de serviços financeiros, moderno, digital e com produtos de baixo custo para os clientes;

– Consumer Solutions: uma oferta de soluções que permite utilizar todo o potencial de um imóvel (home solutions), veículo (auto solutions) e salário (Creditas @work), assim como uma loja virtual que permite pagamento com desconto no salário do funcionário (Creditas Store);

– México: após reinventar o mercado brasileiro, a empresa está determinada a entregar a mesma experiência disruptiva ao consumidor mexicano.

O que dizem os investidores

A LGT Lightstone, fundo de investimento de impacto focado em empresas de alto crescimento, liderou essa rodada e passou a ocupar um assento no conselho. “A LGT Lightstone investe em empresas que geram alto impacto através de tecnologia diferenciada e inovação. Temos acompanhado a Creditas há bastante tempo e entendemos que a empresa tem a combinação perfeita de um time de altíssima capacidade de entrega e um mercado endereçável enorme e que é mal atendido pelas instituições financeiras”, explica Marcos Wilson Pereira, Managing Partner de LGT Lightstone no Brasil.

“Creditas está nos início de uma jornada para penetrar o pouco explorado mercado de crédito com garantia no Brasil e no México”, afirma Paulo Passoni, Managing Partner do SoftBank Latin America Fund.

“Tem sido um privilégio apoiar Creditas nessa jornada incrível para reinventar a experiência de crédito no Brasil. Temos orgulho de apoiar a ambição desse time espetacular”, explica Pat Burtis, Partner na Amadeus Capital Partners.

David Nangle, CEO de VEF comenta: “Quando um time e uma companhia entregam crescimento e unit economics como Creditas, não duvidamos em apoiá-los novamente, são uma empresa muito especial”.

“A jornada desde nosso investimento na Serie A foi absolutamente extraordinário. O time executou sua visão e Creditas evoluiu num ecossistema asset-light que resolve as principais necessidades financeiras de seus clientes ao longo do ciclo de suas vidas”, explica Nicolas Szekasy, Managing Partner da Kaszek Ventures.

“Ajudando aos brasileiros a tomar controle de seus créditos com taxas de juros baixas, Creditas criou um produto amado pelos consumidores que entrega valor para clientes e investidores. Estivemos envolvidos desde a Serie A através de Redpoint e.ventures e agora estamos encantados de apoiar a companhia através de nosso fundo global de growth” comenta Mathias Schilling, cofundador e Managing Partner de e.ventures.

História da Creditas

Fundada em 2012, a Creditas foi criada com o objetivo de mudar o sistema financeiro. “Um sistema que tinha cumprido um papel crítico na bancarização da população mas que estava, já na época, claramente cheio de ineficiências que impactavam nas exorbitantes taxas de juros e altas comissões”, lembra o CEO.

Em janeiro do ano passado, anunciou que concluiu sua primeira emissão de Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) no varejo, lastreado em créditos com garantia imobiliária, no valor de R$ 27 milhões. Pouco tempo depois, recebeu a autorização para operar uma Sociedade de Crédito Direto (SCD), instituição financeira regulada pelo Banco Central do Brasil. Com isso, passou a ter permissão para conceder empréstimos diretamente aos clientes.

Em agosto do mesmo ano, anunciou a aquisição da Creditooplataforma online que oferece empréstimo consignado como benefício para funcionários de empresas privadas. A aquisição fez parte do plano de expansão dos produtos da Creditas, após rodada de investimento de R$ 900 milhões liderada pelo SoftBank, no início de julho de 2019.