* Por Flávia Carvalho

Sempre que preciso falar sobre inovação, numa palestra ou no dia a dia profissional, tenho duas premissas bem simples em mente. A primeira: pessoas são o principal motor de transformação em qualquer atividade humana. A segunda (e não menos importante): ideias inovadoras são resultado de processos colaborativos que nem sempre são um mar de rosas. Ao contrário, às vezes, podem ser bem árduos, e entendo que muita gente fique frustrada durante essa jornada. Mas não deveria ser o caso.

É claro que inovar não é fácil. Não existe fórmula ou modelo de sucesso para fazer uma ideia prosperar como num passe de mágica. É importante desmistificar o pensamento de que uma solução inovadora é resultado de uma “revelação” ou “insight”.

O mais importante é ter um mindset de criatividade para enxergar as situações de um outro ponto de vista, estimulando a capacidade de resolver o problema e questionando o status quo para que as novas ideias tenham espaço.

Sou analista de sistemas por formação. Atividades como melhoria, revisão e desenvolvimento de processos fazem parte do meu DNA. Entrei na Wilson Sons em 2005, na área de TI. Fui coordenadora de processos, gerente de projetos e, em 2017, assumi a Gerência Operacional da Agência Marítima, justamente a unidade de negócio mais antiga da Companhia, que existe há mais de 180 anos.

(Para quem não é do ramo: agências marítimas são as mandatárias do armador ou afretador em cada porto. São as responsáveis por fazer circular informações essenciais entre todas as partes envolvidas no transporte marítimo. São uma conexão entre o navio e os portos, fornecendo às autoridades todos os dados necessários ao trâmite tanto de chegada e atracação do navio quanto para liberação da embarcação, da carga e da tripulação. Exige muita organização para lidar com um grande volume de informações e rotinas.)

O novo cargo foi um grande desafio por vários motivos. Passei a atuar diretamente na operação, liderando um time predominantemente masculino e com diferentes sotaques. A Agência Marítima da Wilson Sons tem 18 filiais, espalhadas de norte a sul do país.  Parte da minha missão na Gerência Operacional era acelerar a transformação digital na área e tornar os processos mais eficientes. E, para isso, seria preciso inovar.

Inovar, já sabemos, não é fácil. Mas, não importa o tipo de projeto, pela minha experiência, o melhor jeito de chegar lá é trabalhar em equipe e construir juntos. Como nova gerente operacional – e a primeira mulher a assumir essa função no negócio – precisei de um tempo até ganhar a confiança e engajar as pessoas na nova proposta. Sempre me mostrei disposta a aprender com um time excepcional. Como eu vinha da matriz, consegui somar, à excelência técnica da equipe, um pouco mais da estratégia da Companhia. Esse diálogo ajudou a formar o ambiente colaborativo necessário às boas ideias.

E elas vieram, viraram projetos, ganharam forma. São soluções, muitas vezes simples, que geram um enorme ganho operacional. Nesses três anos, centralizamos vários processos em nossa Central de Serviços Compartilhados (CSC), implementamos o Custeio Sustentável, com a redução de mais de 65 mil impressões em papel e desenvolvemos o aplicativo do visitador, em que o profissional que realiza a visita nos navios faz todos os registros online pelo celular ou tablet.

Implantamos também a célula de inteligência de mercado, que analisa o desempenho dos setores produtivos e as melhores oportunidades de negócio. Nosso faturamento passou a ser centralizado e automatizado, com a emissão de mais de três mil notas fiscais por ano. No momento, estamos trabalhando no projeto do aplicativo e do portal do cliente, em que os nossos clientes poderão acompanhar em tempo real os passos do navio.

Essas são algumas de nossas conquistas coletivas. Posso afirmar com orgulho que somos a maior agência marítima independente no Brasil – além, claro, da mais tecnológica. Mas ainda temos muito trabalho pela frente. A pandemia nos trouxe outros aprendizados e, hoje, mesmo a distância, descobrimos que conseguimos manter o senso de união com nossos encontros virtuais. É o que precisamos para ir em frente, sempre em busca das melhores soluções.


Flávia Carvalho é gerente-geral da Agência Marítima da Wilson Sons. Ela possui MBA em Gestão Empresarial pela FGV e mais de 15 anos de experiência em desenvolvimento de Projetos e Sistemas, Gestão de Processos e Transformação Digital, com ênfase no segmento marítimo.