A Bossa Nova Investimentos, micro venture capital que investe em startups em estágio pré-seed com atuação em todo território nacional, anunciou a Certus, do Paraná e Transfeera, de Santa Catarina, como as primeiras startups investidas do grupo de coinvestidores em startups do segmento financeiro, Pool Fintech.

Os aportes, que juntos totalizam R$700 mil, fazem parte do projeto lançado no último mês, que deverá investir o total de R$5 milhões em 10 startups do segmento.

O novo fundo é liderado por João Bezerra, ex-CTO do Banco Itaú, membro do conselho, investidor e mentor de startups, e conta com a colaboração de um comitê de investimento composto por Priscila Debres, diretora na Lebes Financeira; Jackson Gomes, ex-diretor do Banco Original, mentor e investidor anjo; Eduardo Mazon, diretor executivo no Banco BMG; Carlos Augusto de Oliveira, executivo do mercado financeiro, consultor de transformação digital, conselheiro e investidor-anjo; Rodolfo Froes, investidor-anjo e membro do conselho do Banco Fator; Rodolfo Fücher, presidente da Associação Brasileira de Software (ABES), empreendedor e conselheiro, e Marco Antunes, vice-presidente de sustentabilidade de negócios no Banco BMG.

A primeira reunião do grupo resultou na aprovação do investimento nas duas startups do sul do país, que vem se destacando por suas soluções inovadoras que impactam positivamente o mercado financeiro. A Certus nasceu com o propósito de reduzir a mortalidade das pequenas indústrias, usando uma plataforma que possibilita ao pequeno empresário uma visão total do seu negócio. Já a Transfeera, é uma plataforma open banking de gestão e processamento de pagamentos.

“Em nosso primeiro encontro virtual conseguimos discutir e chegar a um acordo tanto sobre a Certus como a Transfeera. São duas startups que certamente estão fazendo a diferença no mundo das fintechs e suas soluções têm tudo para alcançar nossos objetivos e ganhar ainda mais escalabilidade a partir deste aporte. Estamos muito satisfeitos em anunciar esse investimento. Temos mais algumas reuniões pela frente e oito startups ainda devem ser selecionadas”, conta João Kepler, diretor da Bossa Nova Investimentos.

As startups interessadas podem se inscrever no link