Autor: Convidado Especial

Espaço dedicado a artigos assinados por convidados Startupi. Aqui, especialistas em tecnologia, inovação e empreendedorismo compartilham suas expertises e levantam discussões relevantes para seus setores.As opiniões expressas pelos autores não representam, necessariamente, a opinião do Startupi.

* Por Pedro Signorelli Você já ouviu falar em Sistema B? Apesar de a princípio parecer estranho, a ideia central é bem simples, trata-se de um movimento global que pretende incluir na definição de sucesso nos negócios os temas relacionados às questões social e ambiental. Para isso, identifica empresas que utilizem seu poder de mercado para estes fins. Segundo dados fornecidos pelo próprio site da causa, no Brasil já existem 233 empresas que são B. O sistema B enfatiza outros aspectos derivados da atividade econômica, indo além do lucro. Pessoalmente, eu compartilho dessa visão, pois equilibrar essas questões é importante…

Leia Mais

* Por Lucas Mantovani A Resolução nº 88 da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) entrou em vigor no último dia 1º e já está gerando resultados efetivos no mercado de investimentos em startups brasileiro. Para quem não conseguiu acompanhar esse assunto, vou fazer um overview. A Resolução nº 88 da CVM dispõe sobre a oferta pública de distribuição de valores mobiliários de emissão de sociedades empresárias de pequeno porte realizada com dispensa de registro por meio de plataforma eletrônica de investimento participativo. As plataformas de crowdfunding de investimentos, reguladas até então pela Instrução CVM nº 588, obtiveram uma abertura maior…

Leia Mais

* Por Stephanie Peart Você assina algum streaming de vídeo? E de música? Seu plano na academia é ou já foi semestral ou anual? Recebe vinhos todos os meses? E cestas com itens orgânicos? Livros? Produtos para os pets? Itens de beleza? Seu celular é pós-pago e a conta é debitada automaticamente todos os meses? Já aderiu a um smartphone por assinatura? Imagino que você respondeu sim para a maior parte das perguntas acima. Para se ter uma ideia, metade dos consumidores brasileiros mantém entre seis e dez assinaturas de produtos e serviços. Além disso, sete em cada dez gastam…

Leia Mais

* Por Cristovão Wanderley Parece um paradoxo, mas a gestão, para ser realmente humanizada, precisa do apoio da tecnologia. Isso acontece porque soluções de monitoramento, captação e análise de dados, principalmente quando relacionadas ao desempenho de colaboradores, são ferramentas de extrema importância para entender o cenário atual e otimizar a estratégia da empresa. Você já parou pra pensar no trabalho que daria para fazer o levantamento dessas informações manualmente? No tempo que essa tarefa tomaria todos os dias? E o número de pessoas dedicadas? Por maior e melhor que fosse uma estrutura como essa dentro de uma empresa, ainda não…

Leia Mais

* Por Eduardo Tardelli Boa parte dos empreendedores sabem que seus negócios estão sujeitos a enfrentar desafios em diversas áreas, como administrativa, fiscal e até mesmo tecnológica. Tais problemas, se não olhados com a devida atenção, podem acabar prejudicando todo o crescimento da empresa. Imprevistos podem acontecer, claro, e a pandemia foi um grande exemplo disso: nenhuma empresa estava preparada para adotar medidas de distanciamento e migrar os negócios para o regime home office da noite para o dia. Contudo, muitas organizações conseguiram continuar desenvolvendo suas atividades de acordo com os seus regulamentos internos e externos mesmo a distância, e…

Leia Mais

* Por Fabiano Nagamatsu Recentemente, testemunhamos uma série de demissões em massa que – sejamos honestos – estremeceu a confiança dos colaboradores de empresas aparentemente bem estruturadas no mercado.  Agora, por que essas demissões foram necessárias? Passamos por um cenário econômico extremamente desafiador e essa situação é global. Os desligamentos em massa não são exclusivos do mercado brasileiro. Lidamos com taxas de juros altíssimas, causadas por questões relacionadas à pandemia, inflação e à guerra na Ucrânia, que afetam principalmente as startups em estágios mais avançados – quando o retorno dos investimentos é esperado em um período mais curto de tempo,…

Leia Mais

* Por Diogo Catão Segundo pesquisa do BrazilLAB, existem ao menos 135 startups que podem ser enquadradas como govtechs nos critérios do estudo; 80 delas são consideradas mais relevantes porque já estão inseridas em algum governo ou se mantêm desenvolvendo trabalhos em determinado órgão de maneira recorrente. Com esse movimento, percebemos uma tendência na descentralização da governança nas instituições públicas. Essa ação se revelará ainda mais com a participação ativa de startups, instituições e demais setores nas tomadas de decisões. Não à toa, um estudo da ABStartups mostrou que, das 13 mil startups estimadas no ecossistema brasileiro, quando questionadas sobre…

Leia Mais

* Por Carlos Cavalcanti No início da jornada de toda grande empresa, consolidada e de sucesso, no começo de tudo, era uma grande ideia. até seu êxito, existe uma série de desafios que vão além do empreendedorismo, da receita ou da concorrência de mercado. Estou falando de Propriedade Intelectual. Os negócios que não prestaram atenção para a proteção de ativos de Propriedade Intelectual no início de suas atividades, precisaram procurar posteriormente na justiça assegurar seu direito sobre elas. Muitas vezes, ainda depois de estabelecidas em seus mercados, as empresas ainda precisam lidar com esse tipo de problema. Por isso, aproveitar…

Leia Mais

* Por David Iacobicc Hoje, segundo o CB Insights, existem 863 empresas que valem mais de US$ 1bilhão e toda semana há notícias do nascimento de uma nova. Isto quer dizer que a valorização deste tipo de empresa floresceu exponencialmente.   Entre as empresas mais notáveis a atingir esta categoria está a Stripe, a fintech de pagamentos americana que vale atualmente US$ 95 bilhões. Além disto, destacam-se também as startups, como a plataforma australiana de desenho gráfico Canva (US$ 40 bilhões), a empresa americana de videogames Epic Games (US$ 48,7 bilhões) e a empresa chinesa de e-commerce Shein (US$ 15 bilhões). …

Leia Mais

* Por Eduardo Cosomano Guerra na Ucrânia, alta do petróleo, do dólar, da Taxa Selic e um cenário político caótico. Crises nacionais e globais impactam de diferentes formas empresas de diversos portes e segmentos, e com as startups não tem sido diferente. O que não faltam são notícias de demissões em massa e fuga dos investidores. O contexto é o inverso do registrado em 2020 e 2021, quando as startups — protagonistas das soluções tecnológicas — representaram a luz no fim do túnel enquanto o mundo ruiu. Direta ou indiretamente, foram elas que, no auge da pandemia, proporcionaram trabalho à…

Leia Mais