A FCJ Venture Builder lançou uma nova corporate venture builder destinada ao ecossistema govtech no Brasil. A Dome Ventures surge para aproximar investidores, clientes e networking para startups e facilitar o desenvolvimento de novas soluções. A iniciativa também conta com a participação da holding company Alfa Group. 

Para marcar o lançamento, os dois grupos realizaram um evento on-line destinado a todos os interessados nesse universo de negócios que contou com a participação de Paulo Justino, CEO e founder da FCJ Venture Builder; Emanoelton Borges, CEO da Alfa Group; Ana Debiasi, CEO da Leonora Ventures e Diogo Catão, CEO da Dome Ventures. 

Com sede em João Pessoa (PB), a Dome Ventures atuará em todo o país em busca de startups com negócios inovadores. Com o apoio dos dois grupos envolvidos, a expectativa é estimular e potencializar oportunidades nesse mercado – que deve chegar à casa de US$ 1 trilhão em todo o mundo até 2025, segundo estimativas do hub de inovação BrazilLab. 

“Este é um segmento em expansão. A pandemia de covid-19 evidenciou a necessidade de digitalização do serviço público para atender melhor a população. Assim, queremos estimular esse ecossistema, criando as bases necessárias para que novos negócios possam surgir nos próximos anos”, explica Diogo Catão, CEO da Dome Ventures. 

Criada em 2013 em Belo Horizonte (MG), a FCJ venture builder é uma multinacional que conecta investidores, startups, corporações e universidades para desenvolver negócios inovadores. Atualmente, possui mais de 33 venture builders espalhadas pelo mundo, com mais de 90 startups em seu portfólio, 150 empreendedores e mais 400 investidores.

* Foto de destaque: Paulo Justino, CEO e founder da FCJ Venture Builder.


Quer saber mais detalhes sobre a Dome Ventures e conversar com Diogo Catão? Clique aqui e faça sua inscrição para participar do Starupi Innovation Tour – Paraíba.