Ir para o conteudo

Marketing digital não é só para clientes

* Por Cristovão Wanderley

Uma das consequências do distanciamento social imposto pela pandemia é a falta de construção de vínculos e empatia entre as pessoas, principalmente no ambiente de trabalho onde o convívio diário foi substituído por conversas e reuniões via telas de computador ou celular.

Empregada em larga escala para contato com clientes B2B e B2C, a automação digital ainda é pouco utilizada nas ações de endomarketing e geralmente quando colocada em prática busca apenas controlar a produtividade das equipes ou estabelecer uma comunicação unilateral. Poucas organizações se beneficiam da tecnologia e das diversas ferramentas do marketing digital para oferecer um programa de bem-estar e de relacionamento voltados para os colaboradores, item essencial na atualidade já que as casas dos colaboradores viraram extensão da própria empresa. 

Apesar de ser internacionalmente conhecido como o país da alegria e do otimismo, dados coletados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que 70% da população brasileira sofre de estresse, sendo 30% com sintomas graves. Além disso, somos campeões no ranking de transtornos de ansiedade com 20 milhões de pessoas impactadas pela doença e 12 milhões com algum grau de depressão.

Essas doenças silenciosas já eram difíceis de serem detectadas no ambiente corporativo presencial e diante das dificuldades enfrentadas nesses tempos pandêmicos, como redução da renda familiar, perda de pessoas queridas, tragédias recorrentes e privação da liberdade, os números só aumentam.

No momento em que os transtornos mentais afloram, estabelecer um relacionamento mais próximo com a equipe traz inúmeros benefícios para a empresa. Diversos estudos comprovam que a felicidade dos colaboradores impacta diretamente nos índices de produtividade, desempenho e satisfação dos clientes. E a distância não é desculpa para estar ausente. As mesmas técnicas e ferramentas digitais usadas para estreitar o contato com o cliente podem ser empregadas para melhorar o relacionamento com o seu time. 

Enviar presentes inesperados como uma mensagem de incentivo ou uma música, promover atividades de relaxamento e meditação, organizar happy hours virtuais, oferecer palestras motivacionais e até treinamentos de capacitação profissional mostram a preocupação da empresa com o bem-estar e equilíbrio emocional dos colaboradores. É possível ainda ir além e estender as ações para os familiares, contemplando principalmente as crianças também impactadas pelo distanciamento social e pela falta de tempo e atenção dos pais presentes dentro de casa, mas tentando equilibrar as tarefas do trabalho com as demandas da vida pessoal. 

Assim como é feito com os clientes, é possível criar uma régua de relacionamento de cada empregado e medir os resultados conforme a evolução das ações realizadas. Entre os itens que podem ser mensurados estão a melhora da motivação e produtividade, queda nos índices de absenteísmo, ganhos de autoestima e de engajamento com a empresa. Lembre-se: colaboradores são promotores da sua marca ao fazer divulgação boca a boca dos produtos e serviços para amigos e familiares, além de produzir conteúdos e compartilhamentos nas redes sociais pessoais.  

Para as empresas que desejam ultrapassar a barreiras virtual é possível fazer simultaneamente campanhas O2O (do online para o off-line) ao enviar um mimo para a casa do colaborador. Não deixe de considerar experiências híbridas: receber uma caixa com itens para o encontro do time num happy hour com certeza vai tirar um sorriso do colaborador e deixá-lo mais motivado para interagir com o time.


Cristovão Wanderley é responsável por inovação, estudo de tendências de tecnologia e adoção de novas ferramentas, além de desenvolver estratégias de negócio por meio do marketing digital na Stratlab Inteligência Digital. Faz a análise de dados dos clientes e seus concorrentes, transformando essas informações em ações que resultam em aumento de ROI, receita e geração de leads. Formado em Design Gráfico pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e com especialização em MKT, Comunicação, Gestão de Mídias Sociais, DMB, Digital Transformation & Big Data – todos pela Escola Superior de Propaganda e MKT (ESPM), Cristovão tem ainda larga experiência em Growth Strategy, SEO estruturado para vendas e Social Selling.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.