De uma plataforma que conecta usuários a milhares de academias e estúdios, para um aplicativo holístico de bem-estar que se adapta a todas as necessidades individuais durante e além do novo coronavírus. É assim que o Gympass, unicórnio brasileiro que nasceu como um benefício corporativo de atividade física, se adaptou para conseguir fornecer soluções virtuais de bem-estar em casa – da terapia e meditação à nutrição e atividade física.

A chegada do novo coronavírus foi um divisor de águas para diversos segmentos da economia. Enquanto as pessoas aprenderam a lidar com um mundo totalmente novo, empresas tiveram que se reinventar da noite para o dia para continuar gerando valor para seus ecossistemas – e na indústria fitness não foi diferente. O Gympass também precisou ajustar seu modelo de negócios. A iniciativa, feita em tempo recorde, criada para conter a crise, resultou em um pacote completo para manter as pessoas ativas em casa, por apenas R$29,90:

  • Aulas ao vivo: para quem gosta de treinar em grupo ou quer reviver o sentimento de classe com colegas de academia;
  • Personal trainers: para quem prefere uma abordagem mais personalizada e gosta de se exercitar no seu tempo;
  • Pacote de aplicativos: para quem procura por opções para melhorar o bem-estar físico e mental (da nutrição à sessão de terapia);

Com o “Gympass em casa”, a empresa espera ajudar pessoas a encontrarem novas maneiras de se envolver em atividades de bem-estar. “Estamos vivendo em uma sociedade de alta produtividade, e o bem-estar tornou-se uma atividade de desempenho, não mais um prazer diário. Além disso, não há mais uma separação clara entre trabalho, vida, família e espaço individual. Tudo está sob um único rótulo de “quarentena” que nos pressiona a tentar nos sentir normais e produtivos. Com o Gympass, o usuário tem a “desculpa” de se permitir fazer uma pausa para se concentrar em si mesmo e em sua própria saúde”, diz Priscila Siqueira, CEO do Gympass no Brasil.

Para divulgar sua nova proposta de valor holístico, o Gympass lançou uma campanha de forma a envolver e convidar os usuários a começarem a se movimentar através de todos os benefícios disponíveis. “Eles poderão participar de treinos online (ao vivo) com celebridades que vão vivenciar tudo que a nossa plataforma tem a oferecer. Esta é uma oportunidade não só para eles se exercitarem com o nosso super time, mas também para entenderem mais sobre o benefício. Queremos mostrar para cada usuário, individualmente, que é possível estabelecer uma rotina saudável mesmo diante de uma realidade difícil. É por isso também que juntamos um time com mais de 500 influenciadores, para conseguir gerar uma maior identificação com as pessoas”, comenta Priscila.

Desde o lançamento das soluções virtuais, o Gympass já computou mais de 430 mil horas de atividades feitas de forma online. A aceitação do novo formato foi superior, inclusive, à demanda presencial – a porcentagem de check-ins diários das aulas ao vivo chega a 81% e em academias presenciais, o número não passava de 52%. Além disso, às 19h, horário mais popular de treinos, o Gympass teve um aumento de 14% dos check-ins diários acontecendo nesse momento. Antes da pandemia, chegava a apenas 13%.