O recém-lançado aplicativo ClickCash, que oferece empréstimo pessoal de até R$ 10 mil para pessoa física, anunciou a captação de novo investimento, no montante de R$ 2,5 milhões. O valor é garantido pela plataforma de investimentos Change Invest e por investidores privados do norte da Europa, e será destinado para pesquisa e desenvolvimento (P&D), além da própria ampliação da carteira de empréstimos do app.

“Estamos confiantes nas habilidades da equipe do ClickCash, com base em seu histórico anterior de sucesso no segmento de crédito, na Europa e no Sudeste Asiático. Esperamos integrar os serviços das duas empresas por meio da mediação de crédito europeu para o Brasil”, explica Kristjan Kangro, CEO da Change Invest.

É a segunda rodada que o ClickCash recebe. A fintech também já levantou, em fevereiro deste ano, o montante equivalente a R$ 5,5 milhões, em aporte liderado pela austríaca Telor e a estoniana Morcote Holdings.

O aplicativo acaba de atingir a marca de 10 mil downloads no Brasil, após seu recente lançamento em março. Simplificando e desburocratizando empréstimos móveis, a startup oferece um processo rápido para aprovação de crédito pessoal sem garantia, o que o torna bastante acessível e mais uma alternativa em momentos de crise como a que vivemos por força da pandemia do coronavírus.

O empréstimo é solicitado pelo app e, assim que aprovado, disponibilizado para depósito em conta corrente em até 24 horas. A aprovação rápida é resultado da inteligência artificial aplicada no sistema, que não depende somente de informações de pagamentos anteriores ou bases de dados tradicionais para avaliação da capacidade de crédito do consumidor. Este score de crédito próprio é um diferencial de mercado que garante a assertividade e a velocidade da análise, diminuindo riscos, além de resultar em um custo menor de operacionalização para a fintech.

O ClickCash cruza mais de mil pontos de dados por dispositivo e possui variadas fontes para avaliação do consumidor que possibilitam a execução de empréstimos altamente assertivos. A plataforma também é uma das primeiras a utilizar dados do Cadastro Positivo para a concessão de crédito via app.

O aplicativo oferece crédito entre R$ 500 e R$ 10 mil para pagamento em até 12 vezes – via boleto ou transferência bancária. Há, ainda, planos para que a fintech ofereça empréstimos de até R$ 10 mil para pagamentos em até 24 meses e com capacidade de pagamento em débito automático.