Semana passada recebemos aqui na redação um convite para um evento do Google. A única informação no convite era que iríamos descobrir como o Google ajuda o negócio dos empreendedores e PMEs do Brasil a brilhar.

Ontem chegamos por volta das 18h na Feira Qualquer Coisa, na Praça Benedito Calixto e nos surpreendemos com um happy hour em um formato super descontraído no estilo mercado de pulgas, local onde diversos vendedores se reúnem para comercializar bens antigos, usados e outras mercadorias, inclusive de fabricação artesanal. Os empreendedores, dos mais diversos setores, tinham cada um sua “barraquinha” onde estavam expondo seus produtos.

Foto: Divulgação Google

Foto: Divulgação Google

Conhecemos 16 empresas de pequeno e médio porte que iam desde brigadeiro até e-commerce especializado em kimono, mas todos os negócios tinham um denominador comum: investimentos nas ferramentas de negócios do Google, como AdWords, AdSense e Apps for Work.

Durante o evento, além dos produtos pagos, foram apresentadas as soluções gratuitas do Google para as empresas, como o Google Meu Negócio e o Google Analytics. A ocasião ainda marcou o lançamento no Brasil da versão em português do aplicativo Primer, com lições básicas de marketing voltado para o público que deseja aprender mais sobre esta disciplina mas não tem tempo para estudá-la de forma mais aprofundada.

“Em um momento de uma profunda crise econômica como esta, é crucial que o pequeno empresário saiba que pode contar com o Google no que for preciso para prosperar”, afirma Luciano Santos, diretor de PMEs do Google Brasil.

Conheça as soluções do Google para os Negócios das PMEs:

AdWords: Ferramenta para criação de anúncios que são exibidos nos resultados da busca do Google. A empresa escolhe os termos de pesquisa que exibirão seu anúncio e um orçamento diário. Se as palavras que as pessoas digitarem no Google corresponderem a suas palavras-chave, seu anúncio pode ser exibido acima dos resultados de pesquisa.

AdSense: Forma gratuita e simples de ganhar dinheiro veiculando anúncios em seu website. Os anúncios são revisados para garantir que sejam de alta qualidade e relevantes para seu conteúdo ou público-alvo, mesmo quando visualizados em smartphones e tablets.

Google Meu Negócio: Cadastro gratuito oferecido pelo Google às empresas que querem divulgar suas informações de contato, como website, endereço físico, telefone e horário de funcionamento. Os dados são exibidos na Pesquisa do Google, no Google Maps e no Google+.

Apps for Work: Pacote das ferramentas do Google voltado para as empresas, como e-mail profissional, armazenamento de arquivos on-line, agendas compartilhadas e reuniões por vídeo, entre outros. Baseado na nuvem, o pacote de Apps for Work permite a conexão de qualquer lugar e com qualquer dispositivo.

Primer: Aplicativo para smartphones que ensina de forma rápida os mais variados conceitos de marketing. Possui atividades interativas para que os conceitos sejam absorvidos de forma mais fácil.

True View: Anúncios em vídeo TrueView oferecem aos usuários escolha e controle sobre qual anúncio eles desejam assistir e quando. Os anunciantes pagam somente quando o usuário optar por assistir a seu anúncio.

Analytics: Para quem quer aumentar as vendas ou encontrar mais visitantes, o Google Analytics oferece coleta de dados e gestão de forma única e precisa que pode ser personalizado de acordo com suas necessidades.

Agências Parceiras: Criado em novembro de 2013, o Programa de Parceiros busca ter uma relação mais próxima com pequenas e médias agências de publicidade, oferecendo treinamentos, campanhas de incentivos, ofertas promocionais e um apoio exclusivo às agências e freelancers.

Foto: Divulgação Googe

Foto: Divulgação Google

Durante o evento conheci diversos empreendedores com histórias e produtos fantásticos e a cada barraquinha que eu passava ficava com a sensação de “Como não pensei nisso antes?”. Confira abaixo a lista das empresas que estavam expondo seus produtos e entenda como cada uma delas utiliza os produtos do Google.

alavadeira.com – Oferece o serviço de roupas lavadas e passadas para toda a grande São Paulo de acordo com o plano de assinatura que o cliente escolher.

aLavadeira.com + Google: “Hoje o Google é uma das principais ferramentas de marketing utilizadas para obter novos assinantes. A empresa utiliza a plataforma Adwords para anunciar a todas as pessoas que buscam por serviços de lavanderia e serviços domésticos”, conta Gilson Gonçalves, um dos fundadores.

BistroBox – Pelo site as pessoas se inscrevem, pagam uma mensalidade e todo mês recebem uma caixa com cinco produtos. A ideia é que as pessoas possam criar refeições diferentes e conhecer novos sabores.

BistroBox + Google: “Usando o Google é que a grande maioria dos nossos clientes chegam até nós, seja pelas buscas orgânicas ou pelas campanhas que fazemos no AdWords. O Google Analytics é a base da maioria das nossas decisões, com ele analisamos o comportamento de nossos clientes e mudamos o site ou estratégias de marketing digital”, diz Gabriel, um dos fundadores da Bistro.

Espaço Nobre Evento – Surgiu da oportunidade que sua fundadora encontrou ao procurar locais de festas para o seu casamento e tinha poucas opções à disposição. Atualmente, a empresa conta com dois endereços para festas.

Espaço Nobre + Google: Segundo a fundadora Carina, estar na internet é um fator especial para o sucesso: “Começamos a perceber que a maioria dos clientes conhecia nosso espaço através da internet. Por essa razão, com o passar dos anos fomos direcionando nossa verba de publicidade para a internet. Hoje, a empresa direcionou a sua verba de anúncios toda para a internet, abandonando publicações do ramo. Atualmente, cerca de 80% dos nossos clientes conheceram o Espaço Nobre pela internet”.

Hand Talk – Aplicativo homônimo que realiza tradução digital e automática para Língua de Sinais, utilizada pela comunidade surda.

Hand Talk + Google: “As soluções de trabalho e anúncios oferecidos pelo Google permitem que a gente consiga otimizar nosso tempo de trabalho e realizar campanhas que alcancem direto o público-alvo, sem perder escala.”, explica Ronaldo Tenório, CEO da empresa.

Iná – Escritório de arquitetura fundado em 2011 pelos paulistas Julio Beraldo e Marcos Mendes que tem como um dos destaques a repaginação de apartamentos antigos.

Iná + Google: “A plataforma de anúncios do Google é muito democrática e fácil de usar: podemos alterar o orçamento quando quisermos e nos focarmos no perfil de público que desejarmos”, explica Julio.

Leiturinha – Clube de assinaturas de livros infantis. A ideia da plataforma surgiu da percepção de que faltava no mercado um serviço que levasse livros de qualidade e adequados a faixa etária das crianças, direto para suas casas.

Leiturinha + Google: “O Google assiste como plataforma empresarial através do Google Apps. O Google Analytics é uma ferramenta essencial na produção de insights para a nossa landing page; e por fim, o Google Adwords é imprescindível na divulgação da nossa marca e na captação de clientes”, diz Rodolfo Reis, um dos fundadores.

Loggi – Plataforma que utiliza motoboys numa rede logística rápida e confiável.

Loggi + Google: “O Google ajuda a Loggi em vários sentidos. Tanto na produtividade e organização com e-mail, Hangout, Calendar e Drive como em ads e Analytics. Para garantir serviço de qualidade e preço baixo nós empregamos algoritmos avançados de roteamento e geolocalização. Sem o Google Maps isso não seria possível”, diz Arthur, um dos fundadores.

Meu Kimono – E-commerce paulistano especializado na venda de kimonos.

Meu Kimono + Google: “Desde o início, o Google foi fundamental para aumentar a visibilidade da nossa empresa. Por conta disso, estamos otimizando as campanhas para termos melhores resultados com menores custos”, diz Diego Shimohirao. A empresa vê a crise como uma oportunidade para renegociar contratos (e assim reduzir custos). “Também buscamos usar o marketing digital de forma mais assertiva e inteligente. Esse conjunto tem feito o nosso faturamento aumentar a cada mês”, afirma.

Nina Bruni – E-commerce de joias fundado em 2012 e com vendas exclusivamente pela web.

Nina Bruni + Google: “O Google tem sido uma ferramenta muito importante para a divulgação da Nina Bruni e é fonte de uma parte significativa do faturamento da empresa. Com o AdWords, conseguimos divulgar as linhas que tem maior poder de conversão assim como linhas novas que queremos testar, sempre de forma muito específica e direcionada.”

Parafuzo – Empresa 100% on-line que conecta pessoas físicas e jurídicas com profissionais de limpeza.

Parafuzo + Google: “A plataforma do Google é ideal para uma empresa como a nossa, que faz marketing 100% online e que precisa de flexibilidade e automação na criação de campanhas. Conseguimos criar centenas de campanhas distintas de forma automatizada, otimizando assim o retorno sobre o investimento e alcance do público-alvo. Sem isso, não teríamos conseguido expandir nosso negócio para 10 cidades em 2 anos e levar atendimento de qualidade aos mais de 50 mil clientes da Parafuzo. Daqui pra frente, pretendemos ampliar ainda mais a parceria com o Google em busca de mais 10X de crescimento, rumo aos 500 mil clientes”, diz Felipe Brasileiro, CMO da Parafuzo.

PetiteBox – Clube on-line de assinaturas de produtos voltados para a gestação e os primeiros anos de vida da criança.

PetiteBox + Google: “Como somos uma empresa 100% online, é difícil dissociar o Google de nossa rotina diária. Usamos diversos produtos da empresa: fazemos anúncios através de AdWords, acompanhamos o desempenho do nosso site pelo Analytics e no dia a dia usamos todas as ferramentas do Google Apps for Work.”, explica Ivy Assis.

Ponto de Brigadeiro – Em 2011 Rafael Aurichi viu a oportunidade de ter um negócio próprio com a popularização dos brigadeiros gourmet.

Ponto de Brigadeiro + Google: “O Adwords sempre foi a nossa principal ferramenta para conquistar novos clientes, desde o início quando o valor que tínhamos para divulgação era realmente muito pouco”, diz Rodrigo. “Foi justamente essa possibilidade de começar a anunciar com um orçamento pequeno que nos permitiu aos poucos ir conquistando novos clientes e gradativamente aumentando nossas vendas”.

Tress Cabelos – E-commerce de perucas de fibras sintéticas aberto em fevereiro de 2015 pela relações públicas Letícia Korndorfer.

Tress + Google: Desde o começo, o Google foi fundamental para o crescimento da empresa. “As ferramentas de busca do Google fazem com que o potencial cliente vá ao lugar certo, aumentando o interesse pela marca. Hoje, 66% do tráfego da Tress Cabelos é por conta do Google”, diz Letícia.

Webfoco – Empresa de marketing digital fundada em 2008 com o objetivo de fornecer atendimento personalizado a pequenas e médias empresas para aumentar suas vendas on-line.

Webfoco + Google: “Somos uma agência parceira do Google. Com os treinamentos que realizamos, eventos que participamos e indicações, conseguimos ajudar nossos clientes a crescer e, consequentemente, crescemos juntos.”

Zee-Dog – Marca de acessórios para cachorros e gatos (coleiras, guias, brinquedos e outros itens) fundada em 2012.

Zee-Dog + Google: De acordo com Igor Nabhan, Diretor de Marketing da Zee-Dog, as ferramentas de trabalho do Google a suas soluções de publicidade são essenciais para garantir o crescimento e produtividade da empresa: “A gente brinca que o Google é sócio da empresa; que participa das reuniões e influencia nas nossas decisões. Tudo que desenvolvemos, procuramos fazer de acordo com as recomendações desse “sócio”. Nosso principal canal é o e-commerce, então não poderia ser diferente. Além disso, as ferramentas atreladas ao Google permitem que tenhamos uma equipe mais enxuta e altamente eficiente”.

Zoo – Plataforma de negócios de comércio eletrônico com sede em São Paulo, detentora das marcas Girafa, Bee Fitness e Ovelha Negra.

Zoo + Google: “O Google é um dos principais parceiros ao longo da história do Zoo. Temos total suporte dos estrategistas de conta e do atendimento telefônico para revisar ou ajustar nossas metas. Esse acompanhamento é o grande diferencial para o nosso crescimento.”, explica Paolo Rocha, gerente de Marketing da Zoo.

Sabe aquele evento que você não gostaria que acabasse? Pois é, foi essa sensação que senti com o Goole PMes, poderia ficar por lá muito mais horas conversando com os empreendedores e trocando experiências.

E você? utiliza algum produto do Google na sua startup? Conte pra gente nos comentários.