Pipefy, plataforma no-code de gerenciamento de fluxos de trabalho, anunciou nesta terça-feira (26) a conclusão da rodada de investimento Série C, em um total de US$ 75 milhões, liderado pela SoftBank Latin America Fund e com participação da Steadfast Capital Management, Insight Partners, Redpoint eventures, entre outros.

O novo aporte da plataforma tem o objetivo de acelerar significativamente a expansão global da empresa com soluções que capacitam equipes e organizações a automatizar e personalizar fluxos de trabalho integrados.

Desde que foi fundada em 2015, a Pipefy redefiniu o gerenciamento de fluxo de trabalho para a era da transformação digital. Agora é a solução de fluxo de trabalho preferida de mais de 4.000 clientes corporativos, incluindo GE Healthcare, Lacoste, Magalu, Rivian e Nubank, entre muitos outros, em mais de 200 países.

“O enorme sucesso de nossa rodada de financiamento da Série C ressalta o amplo apelo e a utilidade da plataforma Pipefy”, diz Alessio Alionço, fundador e CEO da Pipefy. “Nossa abordagem no-code está atendendo às necessidades de forças de trabalho distribuídas em todo o mundo. A SoftBank, junto com outros investidores desta rodada, nos deu a capacidade de acelerar nossos esforços para tornar o Pipefy a solução mais popular para automatizar operações e processos de negócios”.

Com o Pipefy, empresas podem criar e implantar fluxos de trabalho que melhoram as operações das funções de negócios, incluindo finanças, recursos humanos, atendimento ao cliente, compras e marketing. A plataforma é facilmente escalável para satisfazer as necessidades de qualquer organização, desde empresas emergentes até as maiores corporações multinacionais.

“Estamos entusiasmados com a parceria com a equipe excepcional da Pipefy”, afirma Matthew Pieterse, líder de investimentos do SoftBank Latin America Fund. “A empresa está construindo suas raízes latino-americanas para trazer às equipes globais uma solução fundamental, capaz de ajudá-los a navegar no ambiente de software corporativo cada vez mais complexo e distribuído.”

“Ferramentas de low-code são a solução para organizações de TI sobrecarregadas que lutam para atender à demanda da mudança dramática para uma força de trabalho distribuída”, explica Ananth Avva, presidente e COO da Pipefy. “O Gartner relata que até 2024, mais de 65% do desenvolvimento de novos aplicativos será baseado em soluções no-code ou low-code. A Pipefy está posicionada para otimizar o futuro do trabalho, acelerando o desenvolvimento de aplicativos em nossa plataforma no-code, reduzindo os atrasos de TI e melhorando uma perda de produtividade de 20% relatada por líderes de TI e de negócios”.

Foto destaque: Alessio Alionço, fundador e CEO da Pipefy


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.