Startup que oferece soluções de clima organizacional recebe aporte de R$ 3 milhões

A Pulses, HR tech dedicada a soluções de clima organizacional medidos de forma contínua, recebeu aporte de R$ 3 milhões liderado pela Invisto, uma das principais empresas de venture capital voltada a negócios inovadores do Sul do Brasil. O acordo permite que a empresa e o fundo possam ampliar o investimento para até R$ 15 milhões na scale-up.

O fundo é uma  parceria da Invisto com a ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia), e a Pulses é a primeira empresa a receber capital da iniciativa. O recurso vai ser aplicado para escalar as áreas de vendas e marketing, expandir o portfólio de soluções no mercado de gestão de pessoas e promover melhoria contínua na arquitetura e tecnologias dos produtos. Atualmente, a Pulses atende cerca de 600 clientes de todos os portes e segmentos, e tem no portfólio grandes nomes como a Stone, iFood, Energisa, Dasa, Grupo Pão de Açúcar, Via Varejo, C&A e Lojas Americanas, e conta com mais de 550 mil colaboradores cadastrados na plataforma.

A empresa foi fundada em 2016, em Itajaí, por cinco sócios: Cesar Nanci, especialista em Data Science e doutor em engenharia de produção; Renato Navas, psicólogo e especialista em comportamento humano; Michelly Dellecave, mestre em psicologia e professora; Beth Navas, psicóloga e mestre em administração, e Fábio Bucior, administrador, apaixonado por tecnologia e desenvolvimento de sistemas. Acompanhando as dores de RHs e líderes com os modelos ultrapassados de pesquisa de clima, os sócios perceberam a necessidade de criar uma ferramenta que refletisse a agilidade e rapidez da era digital. Assim, desenvolveram uma plataforma SaaS (Software as a Service) customizável para monitorar, continuamente, o clima organizacional, engajamento e performance de equipes em organizações de diferentes portes e setores. Desde a fundação, a empresa vem triplicado de tamanho anualmente nos principais indicadores de crescimento.

O sistema acompanha a opinião dos colaboradores com perguntas enviadas semanalmente por email, aplicativo próprio, SMS ou Slack. Dessa forma, os líderes podem checar, em tempo real, indicadores importantes de gestão, como engajamento, feedback, reconhecimento, carreira  e bem-estar. Na prática, isso significa uma gestão de pessoas muito mais ágil, que consegue perceber possíveis problemas e agir de forma mais rápida e preventiva para evitá-los com o apoio de dados concretos e inteligência artificial. 

Para a Invisto, foi justamente essa mistura de engenharia, psicologia e tecnologia numa mesma plataforma que despertou o interesse pela scale-up. “Ter competências que misturam psicologia e inteligência de dados podem proporcionar um diferencial competitivo bastante grande para a Pulses, principalmente porque a empresa segue estabelecendo como prioridade a implementação de inteligência artificial à sua solução. Essa capacidade de ‘produtizar’ uma metodologia, associada a um time sólido e à qualidade da clientela com grandes nomes, foram os fatores que contribuíram para a decisão de investimento”, destaca Marcelo Wolowski, sócio diretor da Invisto. A empresa está captando um fundo de R$ 100 milhões para investir em 10 empresas, e continua atraindo e buscando novos investidores âncoras, além de pessoas físicas, family offices e corporações.

Com a entrada de capital, a scale-up pretende se consolidar como a plataforma “número 1” de gestão contínua de pessoas, através da ampliação do canal de parceria focado em consultorias de RH, evolução das funcionalidades baseadas em algoritmos avançados (como recomendações de conteúdos para líderes e predição de turnover voluntário), e lançamento dos novos módulos que trazem uma metodologia disruptiva para gestão do desempenho de colaboradores.

Pandemia acelerou a busca do setor de RH por estratégias digitais

Outro destaque que chamou a atenção da Invisto foi a capacidade da Pulses de aproveitar as demandas geradas pela pandemia e a consequente mudança de regime de trabalho para o home office. Para apoiar os líderes no primeiro momento do isolamento social, a empresa disponibilizou, de forma gratuita, o Termômetro de Crise, uma pesquisa para acompanhar o impacto do coronavírus tanto em termos de saúde mental quanto de adaptação ao formato remoto de trabalho. O número de cadastrados na ferramenta chegou a aumentar 7 vezes em 2 meses e projetou a empresa para clientes como Banco Volkswagen e Kley Hertz.

E a tendência é que o setor siga crescendo. Segundo dados do Distrito, a área de HR Techs foi a 3ª maior em concentração de capital investido em 2020. Desde 2014, foram mais de 90 rodadas de investimento, com um total de U$ 473 milhões investidos. Outro levantamento da CB Insights mostrou que, das 50 startups possíveis para se tornarem unicórnios nos próximos anos, 4 são HR Techs.

Para Cesar Nanci, CEO da Pulses, a cultura também vai ser o principal diferencial competitivo em mercados onde há uma “guerra de talentos”, como o de tecnologia. Ele destaca que receber o aporte da Invisto reforça o valor de se ter uma cultura data driven, que se baseia em dados para melhorar o engajamento, a performance e a experiência dos colaboradores. 

“Nós queremos mostrar que as boas práticas de gestão de pessoas, potencializadas pela tecnologia, podem fazer a diferença, principalmente porque passamos um terço da nossa vida no trabalho. O mundo corporativo pode – e deve – ser mais eficiente e agradável se houver um cuidado intencional com a cultura da empresa. Nosso objetivo é impactar 5 milhões de colaboradores nos próximos 3 anos, e indiretamente melhorar a vida dessas pessoas, provando que é possível sim gostar do seu ambiente de trabalho e ser altamente produtivo”, ressalta.

Foto de destaque: Fábio Bucior, Beth Navas, Renato Navas, Cesar Nanci e Michelly Dellecave, sócios e fundadores da Pulses.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.