Fintech que deseja transformar o mercado de crédito na América Latina recebe aporte de R$ 390 milhões

A ADDI, plataforma líder na América Latina em ‘Buy Now, Pay Later’, recebeu um novo aporte de US$75 milhões, o equivalente a R$390 milhões. A rodada foi liderada pela Greycroft, com participação de novos investidores como GGV Capital, Citius Capital e Intersection Growth Partners, assim como os investidores atuais Andreessen Horowitz, Citius VC, Endeavor Catalyst, Foundation Capital, Monashees e Quona Capital.

Os investimentos ainda contaram com a participação do Union Square’s Opportunity Fund, que liderou a última rodada. Considerando os US$ 65 milhões levantados na série B em maio, a ADDI totaliza mais de R$ 700 milhões no câmbio atual recebidos em apenas 90 dias. Além dos valores recebidos, a nova rodada quase triplica o valuation da companhia para “centenas de milhões”. A ADDI usará os fundos para escalar as suas operações atuais no Brasil e na Colômbia, além de expandir sua atuação para o México no início de 2022.

De acordo com o relatório Global Ecommerce Update 2021 da Insider Intelligence e eMarket, em 2020, a América Latina liderou o crescimento das vendas no e-commerce mundialmente (36,7%),com transações projetadas para ultrapassar os US$ 160 bilhões na região até 2024, demonstrando o aquecimento do mercado de compras online de BNPL, que explodiram em popularidade.

A pesquisa estima que esta tendência contribuirá para um investimento global em BNPL de cerca de US$995 bilhões até 2026. A missão da ADDI é fortalecer e tornar essas projeções de comércio digital uma realidade na América Latina, começando com Buy Now, Pay Later (BNPL), em que com apenas alguns cliques, os clientes podem comprar em seus varejistas favoritos e pagar de maneira parcelada de maneira simples e ágil. A ADDI está disponível atualmente para compras por e-commerce, por celular e em pontos de venda físicos no Brasil e na Colômbia, com planos de expansão pela América Latina nos próximos anos.

O General Manager da ADDI no Brasil, Caio Ribeiro, comenta que a ADDI passou por um crescimento exponencial desde o início de 2021, tendo aumentado o volume de pagamentos que incrementa com sua plataforma em até 3x no Brasil desde o início do ano. “A ADDI se estabeleceu como um parceiro-chave para varejistas online na região e o BNPL como um dos principais métodos de pagamento para centenas de aliados parceiros. Ao usar a Addi, os comerciantes vêem o valor dos pedidos dobrar ou triplicar, com aumentos semelhantes nas conversões de compras online e por celular. Todos os dias, milhares de clientes no Brasil e na Colômbia estão fazendo compras com serviço BNPL, fornecido pela ADDI”, explica.

Com sua chegada oficial no Brasil em março de 2021, a ADDI já se mostra em franco crescimento, ultrapassando mais de 100 varejistas que oferecem o modelo de pagamento da fintech e 20 mil transações até o momento, apenas no Brasil.

O mercado nacional tende a ser o carro-chefe da marca até o final de 2021 e a projeção é de que movimente cerca de R$1 bilhão no próximo ano. A empresa ainda irá aumentar sua oferta de BNPL, permitindo que clientes e varejistas paguem de novas maneiras por meio de sua plataforma e aplicativo, que será lançado no final deste mês. No Brasil, a empresa anuncia também a modalidade de pagamento sem juros via Pix, substituindo o modelo de boletos bancários. A utilização do Pix também servirá como uma forma de verificação de identidade do consumidor, que não precisará tirar selfies ou fornecer outros tipos de informação, contribuindo para aumentar a segurança nas transações.

A ADDI está redefinindo o comércio na América Latina”, afirma Will Szczerbiak, sócio da Greycroft. “As soluções de pagamento e crédito da empresa criam um valor tremendo para os varejistas, ao mesmo tempo em que oferecem uma experiência de checkout moderna que tem o potencial de atingir mais consumidores do que qualquer outra fintech na região. Temos a sorte de fazer parceria com uma empresa e uma equipe tão maravilhosa.”

“Consumidores em todo o mundo estão mudando para o comércio digital mais rápido do que nunca, especialmente em mercados emergentes, com novos modelos de negócios, com uma classe média em crescimento e uma mentalidade digital-first que está tomando conta”, conta Huey Lin, COO fundador da Affirm, Venture Partner da GGV Capital. “Estamos ansiosos para trabalhar com Santiago e a equipe competente que ele montou para escalar o BNPL na América Latina”, completa Hans Tung, Managing Partner GGV Capital, que também lidera seus esforços de investimento na América Latina.

A rodada de series B vem acompanhada de outras novidades na ADDI, a empresa anuncia a contratação da executiva Niki Sri-Kumar como Vice-Presidente e General Manager, que tem passagens por Vise e Affirm. Além disso, também está passando por uma transformação visual e mudando a sua marca, em parceria com a agência Mackey Saturday, que tem em seu portfólio o design de logos de empresas como Instagram, Oculus e Luxe.

“Esta rodada aumentou nosso foco em tornar o comércio digital amplamente presente e acessível em toda a América Latina. É uma prova do crescimento que experimentamos, bem como a confiança que estabelecemos com comerciantes e clientes”, explica o cofundador e CEO da Addi Santiago Suarez. “Nossa missão agora é validada por investidores de classe mundial como Greycroft e GGV Capital, e isso só alimenta nossa motivação para acelerar nosso produto e roadmap comercial”, conclui.

Foto de destaque: Addi Santiago, cofundador e CEO da Addi.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.