Edtech brasileira de realidade aumentada recebe aporte

A XPerience, startup brasileira de tecnologias imersivas para educação, acaba de consolidar uma rodada de captação de recursos junto a investidores-anjo. O montante, que amplia o aporte que está sendo feito pela empresa sul-coreana Samsung, será aplicado especialmente na contratação de equipe para desenvolvimento de conteúdo e aprimoramento dos aplicativos e plataforma de realidade aumentada. Os valores do aporte recebido não foram divulgados.

“Iniciamos uma nova etapa na trajetória da empresa. Dobramos o tamanho da equipe e vamos acelerar ainda mais nosso roadmap de desenvolvimento de produto e mercado”, afirma Tiago Scaff, CEO e fundador da XPerience. 

O propósito de transformar a educação de forma inovadora e o alto nível de capacitação da equipe estão entre os maiores atrativos da edtech. Desde 2019, a XPerience vem fazendo intercâmbios com a França, país que já reconheceu o projeto da startup como inovador e abriu suas portas para a implantação da empresa.  

Este mês, a XPerience inicia trabalhos no Laval Technopole, principal hub de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias imersivas da França. Trata-se do segundo projeto oficial da startup no país europeu, depois da bem-sucedida participação no programa Startups à L’École, promovido pela incubadora Agoranov. 

Na ocasião, mais de 100 alunos de uma escola da região de Paris tiveram acesso ao aplicativo e conteúdos desenvolvidos pela XPerience e puderam desenvolver projetos próprios usando a tecnologia de realidade aumentada, em dinâmicas de grupo interativas e divertidas.  

Para 2021, a startup pretende finalizar as primeiras versões do aplicativo e plataforma XPLabo, ampliar de forma significativa a biblioteca de conteúdos digitais, pilotar o produto em escolas e concluir a primeira etapa de desenvolvimento de um novo produto.  

“Estamos iniciando o planejamento de 2022 com ótimas perspectivas de crescimento. Essa nova rodada de captação de recursos é uma verdadeira prova de confiança do mercado de que estamos construindo algo de valor aqui na XPerience”, concluiu Tiago Scaff. 

De modo global, as edtechs estão entre as quatro áreas mais atrativas do ecossistema de startups, ao lado das fintechs, das healthtechs e das martechs. Juntos, os mercados de educação e tecnologia experimentam alto potencial de desenvolvimento. A França, além de ter boas perspectivas para este mercado nos próximos 10 anos, representa uma importante porta de entrada para o mercado europeu.

Foto de destaque: Tiago Scaff, CEO e fundador da XPerience.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.