Buscando agregar ainda mais conteúdo em seu catalógo, a Netflix começou a investir em sua equipe de desenvolvimento de jogos. Com o intuito de já começar com boas criações, a marca adquiriu recentemente o Night School Studio, fundado em 2014 pelos primos Sean Krankel e Adam Hines, que desenvolvem jogos independentes.

Com principal nome, a empresa possui o OXENFREE, jogo de estreia da Night que foi aclamado pela crítica em seu lançamento para os consoles da 4ª geração e computador.

Em um comunicado, o vice-presidente da área de jogos do serviço da Netflix, Mike Verdu, disse que o “compromisso com a excelência artística” do estúdio foi um dos motivadores da compra.

Surpreendendo o mercado e o público, a Netflix comentou que o projeto de desenvolvimento de jogos já era algo que interessava a empresa e que pretendem levar a mesma qualidade e dedicação utilizada no desenvolvimento de séries e filmes para o mundo dos videogames. Além disso o serviço de Streamming adicionou que da mesma forma que os filmes e séries, os jogos farão parte da mesma assinatura Netflix — sem anúncios nem compras no aplicativo.

O fundador do estúdio Night School, Sean Krankel, explicou em nota que a aquisição por parte da Netflix pode alavancar o nível de seus produtos atuais e futuros. A proporção da distribuição também foi algo comentado pelo fundador, “Nosso objetivo é criar e oferecer entretenimento excelente para milhões de pessoas. É uma grande honra ser o primeiro estúdio a se juntar a Netflix, que demonstrou o maior cuidado em proteger nossa cultura de estúdio e visão criativa”, finaliza Sean.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.