Startup com tecnologia para Comércio Exterior recebe aporte de R$ 53,6 milhões

A LogComex, startup que oferece inteligência por meio de Big Data para o comércio exterior, recebeu um aporte de US$10,3 milhões (R$ 53,6 milhões) pela conversão atual – em rodada Series A liderada por Alexia Ventures e Igah Ventures, com participação da Endeavor Scale Up Ventures e dos investidores atuais da companhia.

A empresa, fundada em 2016, começou sua operação trazendo transformação digital para portos e recintos alfandegados, expandindo depois para operadores logísticos como agentes de cargas, armadores e companhias aéreas. Com o investimento, existem dois objetivos claros: aumentar a participação no mercado de importadores e exportadores e acelerar o processo de internacionalização.

A startup pretende também lançar novas soluções para todos os segmentos de mercado que se conectam com o comércio exterior. “Todas as empresas envolvidas no mercado de comércio exterior carecem de tecnologia, dados e inteligência, seja para automação de processos ou para informações mais assertivas”, comenta Helmuth Hofstatter, CEO e cofundador da LogComex. “Existe uma assimetria muito grande de informações entre os diferentes players da cadeia, tornando o processo de importação e exportação muito complexo e ineficiente”.

“A LogComex tem tido enorme sucesso com soluções que trazem informação e visibilidade para o comércio exterior. Temos um time de empreendedores e executivos muito forte, combinando visão arrojada, foco em execução e tech expertise, focado em levar eficiência para um mercado que a despeito do tamanho colossal ainda está nos estágios iniciais da sua digitalização. Com o novo round, a Companhia estará capitalizada para acelerar ainda mais seu plano de expansão”, explica Thiago Maluf, Managing Director na Igah, Ventures.

Patrick Arippol, cofundador da Alexia Ventures, acredita no poder dos dados que a LogComex tem para transformar o comércio exterior. “Acompanho a trajetória do Helmuth e do Carlos desde o início de 2019. O poder que os dados que a LogComex organiza aliada a ambição de internacionalização da empresa são transformadores”, completa.

“Ter dados a sua disposição é um dos diferenciais competitivos desse século e a LogComex está muito bem posicionada para liderar essa transformação no comércio global”, declara Igor Piquet, Managing Director da Endeavor Scale Up Ventures, que também participou da rodada. “Além disso, os fundadores estão comprometidos com a construção de um ecossistema local de apoio ao empreendedorismo, o que para nós é muito importante.”

Líder no mercado de comércio exterior

As soluções que a LogComex oferece transformam processos que, em muitos casos, ainda são feitos manualmente. “Sem dados assertivos, importadores e exportadores acabam perdendo tempo e dinheiro nesse processo. A nossa proposta é propiciar essa informação para melhor tomada de decisão, transformando a maneira como as empresas fazem negócios”, explica Helmuth.

Para prover a inteligência, a LogComex organiza e enriquece dados de centenas de fontes distintas, conectando toda a cadeia do comércio exterior. Dessa maneira, a plataforma possibilita encontrar os melhores fornecedores com menores preços, analisar market-share e entender qual é o comportamento do mercado. O objetivo é expandir essa tecnologia também para outros países.

“Hoje, a LogComex já conta com centenas de clientes e milhares de usuários em 4 continentes. Estamos trabalhando para aumentar nossas bases e expandir o negócio globalmente”, comenta Carlos Souza, COO e co-fundador. “O sucesso das operações de importação e exportação depende da colaboração de empresas de diversos setores, incluindo portos, aeroportos, despachantes aduaneiros, agentes de cargas, seguradoras e instituições financeiras. O que todas têm em comum é que precisam da informação certa na hora certa e é justamente isso que queremos facilitar”, enfatiza.

Crescimento acelerado

O trabalho vem trazendo frutos. Com essa tecnologia, a empresa apresentou um crescimento de mais de 300% em receita no último ano e passou de 50 colaboradores no início de 2020, para mais de 200 em agosto de 2021, mesmo com a pandemia do covid-19. No período, foi adotado o modelo de home-office e hoje existem colaboradores da empresa espalhados por 7 estados do Brasil.

“O nosso objetivo é passar da marca de 250 colaboradores até o fim do ano. No momento, estamos com mais de 100 vagas abertas para todos os setores da empresa”. A LogComex alcançou a certificação Great Place To Work por três anos consecutivos” finaliza Carlos Souza, COO e cofundador.

Esse é o terceiro maior aporte recebido pela empresa. A última rodada ocorreu em maio de 2020 no valor de de R$ 3 milhões, com os fundos de venture capital Invest Tech e Caravela Capital. Ambos decidiram aumentar suas participações nesta nova rodada de investimento.

Foto em destaque: Helmuth Hofstatter, CEO e cofundador da LogComex; Carlos Souza, COO e cofundador da LogComex.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.