Agtech que oferece software de gestão de fazendas recebe aporte

Uma das principais agtechs de software de gestão de fazendas, a Aegro, acaba de concretizar uma nova rodada de investimentos, com captação de R$ 12 milhões. O aporte permitirá à empresa agregar soluções financeiras ao software, democratizando o acesso do produtor rural ao crédito, a seguros e contas digitais.

O investimento contou com a participação da SP Ventures e da ABSeed, acionistas que fizeram a rodada de investimento seed, além de Nizan Guanaes, SLC Ventures e ADM Venture Capital. Participaram também da rodada family offices como o do investidor Luis Felipe Carchedi, com forte background no campo. 

A rodada de investimentos foi toda estruturada para que houvesse a combinação de capital com profundo conhecimento estratégico do setor, trazendo assim uma base de acionistas que possibilitará acelerar a entrada da Aegro na área de serviços financeiros, mas também alavancará iniciativas-chave em branding e produtos de software agrícola.

Na área financeira, o objetivo da empresa é que, integrado a todas as soluções já oferecidas pelo aplicativo de gestão rural, o produtor rural passe a ter acesso facilitado e desburocratizado a produtos de crédito. 

“Temos uma visão rica da vida financeira do produtor e da sua produção. Por isso, queremos empoderar os bons produtores rurais para que eles consigam acessar serviços financeiros de maneira competitiva”, afirma Pedro Dusso, CEO da Aegro.

Essa facilidade, inicialmente, deve ser oferecida mediante parceria, com geração de comissão em cima da originação de crédito. Até a safra 2025, a meta é viabilizar R$ 1,5 bilhão em empréstimos para produtores rurais de forma desburocratizada, intermediada pelo aplicativo de gestão.

O Aegro, produto principal da agtech, se tornou o “Excel do Campo” em mais de 4,7 mil fazendas em todo Brasil. Ajuda a gerenciar fazendas de 100 a 10 mil hectares de soja, milho, outros grãos e cereais em geral, além de café, cana-de-açúcar e algodão. 

A companhia segue em um crescimento exponencial da sua base de hectares, tendo atravessado o ano de 2020 superando todas as projeções de vendas. Com a aceleração da digitalização dos negócios forçada pela pandemia, a Aegro se posicionou como a ferramenta de fato para gestão dos processos produtivos e financeiros. 

“A rodada atual vem para acelerar as iniciativas de ecossistema de aplicativos agrícolas dentro do Aegro e também as iniciativas de serviços financeiros integrados junto ao software de gestão. Com o investimento, a Aegro irá democratizar o acesso a soluções financeiras personalizadas para a realidade de cada um desses produtores, desburocratizando o acesso ao crédito e também a seguros e contas digitais”, reforça Dusso.

Foto de destaque: Paulo Silvestrin, Francisco de Borja, Pedro Dusso e Thomas Rodrigues, sócios-fundadores da Aegro.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.