Fundada em 2014, a startup Fatura Simples que integra serviços de recebimento por boleto, cartão, emissão de nota fiscal eletrônica e cobranças recorrentes, recebeu um investimento de R$ 1,4 milhão feito pela holding Elifegroup. A fintech de Recife (PE), usará o dinheiro na contratação de novos talentos e na instalação de uma unidade comercial na cidade de São Paulo. Atualmente, a fintech atende 150 empresas que lidam com cobranças de mensalidade e anuidades com faturamento mensal entre R$ 50 mil e R$ 5 milhões. 

A chegada da Fatura Simples ao principal centro financeiro e corporativo do País facilitará a criação de novas parcerias e o fechamento de negócios com grandes clientes. O momento coincide com o contexto da pandemia, em que cada vez mais empresas trabalham de forma remota e necessitam de ganhos de produtividade e maior automação nos seus processos financeiros.

“Durante a insegurança da crise gerada pela pandemia, as empresas sentiram a necessidade de fazer mais com menos. Nessa hora, a automação de faturamento mostra seu poder, pois ajuda a escalar a gestão dos planos e assinaturas sem aumentar a demanda operacional. Temos clientes que saíram da velha planilha e processos manuais para a Fatura Simples, mas também temos clientes que estão conosco desde o início das suas operações até hoje, agora na casa das milhares de faturas recorrentes mensais. A solução funciona muito bem para clientes de diferentes portes.” afirma Felipe Bagetti, fundador da startup.

Segundo Alessandro Lima, CEO do Elifegroup, a demanda crescente por serviços como o da Fatura Simples justifica o investimento. “Adotamos a solução de cobrança automatizada na própria Elife e acreditamos muito no potencial da Fatura Simples”, destaca.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.