Empresa de tecnologia da informação para a área de saúde recebe aporte de R$ 287 milhões

Allm, empresa japonesa de tecnologia da informação e comunicação para área de saúde, concluiu uma rodada de financiamento da série A no valor de ¥5,6 bilhões, o equivalente a cerca de R$ 287 milhões.

série foi liderada pela SOMPO Holdings, Mitsui Bussan, Eisai, Royal Phillips, NID, CYBERDYNE. Da Agência Financeira, Mixy, Capital Medica, Vector, SBI Investment, Bonds Investment Group, Mizuho Capital, Asia Africa Investment and Consulting e acionistas individuais.

Por meio dos recursos arrecadados, a Allm pretende expandir e aumentar seus negócios localmente e globalmente e investir ativamente em Pesquisa & Desenvolvimento, incluindo o desenvolvimento de soluções para a covid-19. A expectativa é de conseguir responder rapidamente às necessidades das indústrias médicas e de saúde e contribuir ainda mais para a rápida mudança da sociedade.

Com escritórios em 8 países (Alemanha, Brasil, Chile, Emirados Árabes, Estados Unidos, Malásia, Ruanda e a sede em Taiwan, no Japão) e presença em 23 países, o Brasil é um mercado estratégico para a companhia, sendo o de maior faturamento fora do Japão e onde a marca está presente desde 2013 com o aplicativo de telessuporte Join.

Desde a sua fundação, em 2001, a Allm fornece tecnologias para a comunicação em nuvem e, desde 2015, especificamente para as áreas médicas e da saúde, com o objetivo de contribuir para a criação de um projeto de bem-estar social global por meio do desenvolvimento e fornecimento de soluções de tecnologias médicas.

Empresa busca perspectivas que conciliem proteção da saúde e segurança para as atividades econômicas

A companhia considera 2021 um ano-chave para o controle de novas infecções de covid-19 e pretende desenvolver e fornecer soluções que conciliem proteção para a saúde com segurança econômica para a realização de atividades como os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio, através da integração de um sistema de monitoramento de pacientes em tratamento com um sistema comunitário de saúde; além do uso do “MySOS”, um aplicativo de suporte para emergências e informações de saúde e que fornece rapidamente resultados de testes de PCR.

A companhia pretende, ainda, agregar valor em novas áreas, com o aprimoramento dos serviços de suporte a exames e ensaios clínicos; serviços educacionais de streaming de vídeo em tempo real de procedimentos cirúrgicos; e aperfeiçoamento do aplicativo “Join” e sua integração com programas de diagnósticos e inteligência artificial – tudo isso com o intuito de melhorar ainda mais o trabalho da área médica.

Além disso, a companhia estará dedicando grande parte da sua expansão no desenvolvimento, rastreamento e varredura de doenças em seus estágios iniciais, permitindo o tratamento precoce dos pacientes, beneficiando a estrutura de saúde regional, tanto pública quanto privada, bem como as seguradoras.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.