A WeWork, líder global em espaços de trabalhos flexíveis, lançou em dezembro de 2020 um programa para apoiar a comunidade negra ao oferecer, sem custo, escritórios privativos de até dez posições em uma de suas localidades no Brasil, pelo período de um ano. Puderam participar empreendedores ou indivíduos que se auto identificam como negros, que tenham uma startup ou empresa, sediada no Brasil, de até dez colaboradores. Dentre as mais de 160 organizações brasileiras analisadas, onze foram selecionadas para receber o benefício e já começaram a se mudar para os novos escritórios.

Além das salas privativas e do acesso às mais de 850 unidades da WeWork no mundo, todas as empresas escolhidas também passam a integrar o WeWork Labs, programa em que esses empreendedores serão capacitados por uma rede global de mentores e receberão apoio personalizado em conexões e geração de negócios.

Foram escolhidas empresas sediadas em São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro, cidades entre as quais a WeWork conta com operações. Entre elas, a agência paulista de comunicação especializada em influenciadores negros, Black Influence. Desde janeiro, a empresa estabeleceu como seu endereço oficial a unidade da WeWork Paulista 1374.

“Estamos muito felizes com a premiação e acredito que ela representa a confiança no nosso trabalho e nos resultados de tudo que estamos construindo. Sem dúvida estar em um espaço colaborativo como o escritório da WeWork, no coração de São Paulo, amplia a nossa visibilidade e proporciona um networking muito valioso” comenta Ricardo Silvestre, fundador da Black Influence.

Outra empresa selecionada pela iniciativa foi a Conta Black, uma comunidade financeira que através de uma conta digital se propõe a democratizar o acesso a serviços bancários e resolver o desafio da desbancarização e consequentemente da exclusão financeira. Sergio All, fundador e CEO da Conta Black, conta “Estamos extremamente animados com as novas perspectivas trazidas pelo projeto. Sabemos o quão importantes são as boas oportunidades para o desenvolvimento e crescimento dos negócios liderados por negros. E sem dúvida alguma essa é uma delas! Desde o início do ano, estamos usufruindo da infraestrutura e sabemos o quanto a rede WeWork nos ajudará a potencializar ações que temos na nossa estratégia de negócios.”

Juntamente com a Black Influence e a Conta Black, outras nove empresas foram contempladas pelo projeto, são elas: DAC Comunicação, Agrisoft TI-Agro, Agência Bamba, Wolo TV, Troca, Insight Soluções Inteligentes, Ebony English, Unicainstancia e Afroya Tech Hub.

A seleção dos projetos contemplados foi feita por um comitê interno que avaliou as propostas e tem como embaixadora a consultora de diversidade & inclusão, Bielo Pereira. Para a consultora, o resultado da iniciativa mostra “um avanço no mercado corporativo para ter ações de inclusão real de pessoas pretas em espaços de destaque na sociedade, potencializando sua capacidade produtiva e oferecendo espaços de troca”.

“Ficamos muito felizes com o sucesso da iniciativa, animados em receber os empreendedores em nossos espaços e enriquecer ainda mais nossa comunidade. Acreditamos muito no potencial de projetos como esse para atingirmos a mudança e seguiremos com iniciativas semelhantes no futuro” comenta Lucas Mendes, Diretor Geral da WeWork no Brasil.

No Brasil, a WeWork conta com 32 espaços localizados nas cidades de São Paulo (SP), Osasco (SP), Barueri (SP), São José dos Campos (SP), São Bernardo do Campo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e Porto Alegre (RS). Além de escritórios inspiradores, pensados para fomentar a criatividade e inovação, os espaços estão preparados para receber as empresas, priorizando a saúde e segurança e obedecendo todos os protocolos sanitários determinados, em tempos de pandemia.