A Porto Seguro, uma das maiores seguradoras do País, anunciou a aquisição de 74,67% da Segfy Tecnologia, startup paranaense que fornece soluções tecnológicas e inovadoras para corretores de seguros. A negociação ocorreu através do Fundo de Investimento em Participações da empresa, a Porto Ventures. O valor não foi divulgado.

A aquisição da Segfy é a primeira movimentação do Fundo de Investimento em Participações Porto Ventures (FIP Porto Ventures), criado pela Porto Seguro para gerar valor à companhia por meio de investimentos estratégicos em empresas que estejam em estágio inicial ou operacional, que a coloquem em posição de vanguarda, com foco em setores que tenham sinergia com o negócio da empresa, complementando seu ecossistema de investimentos composto pela Oxigênio, operações tradicionais de M&A e Porto Seguro Investimentos. 

A transação tem o objetivo de fomentar o crescimento da Segfy e contribuir para que a empresa continue desenvolvendo novas soluções para este mercado que hoje conta com quase 100 mil corretores, segundo a Fenacor (Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados e de Resseguros, de Capitalização, de Previdência Privada, das Empresas Corretoras de Seguros e de Resseguros).

Plataforma da Segfy (Foto: Renata Kalkmann).

História da Segfy

Criada em 2018 após a fusão de três empresas, a Segfy tem um DNA pioneiro no sistema de gestão e multicálculo para corretores de seguros. Em 1992, Marcos Roque Villa, atual CEO da empresa, já desenvolvia a primeira versão do produto.  

Atualmente, a companhia sediada em São José dos Pinhais (PR) é uma das principais empresas do setor em soluções projetadas para auxiliar em todas as fases da contratação do seguro, desde o cálculo até a gestão dos segurados. Por meio de uma plataforma de gestão e multicálculo 100% on-line, o corretor tem acesso a diversas ferramentas e automações que geram benefícios ao seu dia a dia, além de auxiliar no controle financeiro e operacional. E com esta transação, Villa adianta que mais inovação está por vir. 

“Nossa ideia sempre foi fortalecer o trabalho do corretor de seguros para que ele se torne mais otimizado, ágil e assim, possa vender mais. Por isso ter a Porto Seguro como acionista é tão importante. Tivemos todo cuidado em escolher um acionista que tenha afinidade com nossos valores. Sendo assim, já adiantamos que ainda em 2021 a tecnologia será a grande protagonista de nossas ações trazendo melhorias aos sistemas já existentes e ainda mais opções para os corretores”, comenta. 

O CEO ainda complementa dizendo que o acordo de aquisição traz consigo muita inovação para o segmento, já que, além de ser a primeira ação do FIP Porto Ventures, ainda une dois protagonistas do mercado. Além disso, o investimento não irá alterar a estrutura administrativa da Segfy. Ou seja, a empresa continuará operando de forma autônoma, independente e criando melhores soluções para os corretores de seguros.