A Carflix, plataforma de compra e venda de veículos seminovos, recebeu recentemente um investimento, sem valor revelado, do Meli Fund, fundo de venture capital do Mercado Livre. Em junho de 2020, a startup já havia captado R$ 15 milhões em sua rodada série A liderada pelo BV.

Fundada em 2018 pelos empreendedores Fabio Pinto e Alan Ladeia, a Carflix possui um modelo de shopping virtual de compra e venda de seminovos com transações online e seguras para todos os envolvidos. No caso de intenção de compra, a própria empresa vai até o vendedor para fazer a vistoria e leva o carro até o potencial comprador. Além disso, a Carflix se responsabiliza pelo anúncio, veiculação, negociação, documentação e oferece um ano de garantia pelo seminovo.

Para o serviço, a startup cobra uma taxa de 6% do valor do automóvel e o vendedor só paga após a venda realizada.

Em entrevista ao Startupi, Fábio contou que o recurso será usado para a melhoria da plataforma tecnológica com foco em canais de atendimento mais eficientes e atração de novos clientes. “O mercado de carros usados é bastante competitivo, tem muitos players, então a gente tem desenvolvido cada vez mais conhecimento e tecnologia para atrair o cliente que está procurando comprar ou vender um carro usado neste momento”, explicou ele.

Além disso, parte do recurso será alocado para a expansão de pontos físicos. Atualmente a startup possui três “showrooms”, sendo dois na cidade de São Paulo e um recém-lançado em Campinas. “O negócio de carros usados tem muito dessa necessidade de presença geográfica, de alguma maneira, como o business de locação de carro. Não adianta você imaginar que você vai locar o carro de São Paulo em Salvador, e o carro usado é muito parecido”, acrescentou o empreendedor sobre a estratégia de expansão.

Com o aporte na Carflix, o Meli Fund completou o sexto investimento no País em 2020, incluindo as startups Warren, BizCapital, Kangu, Pier, EmCasa. Henrique Leal Teixeira, gerente de Desenvolvimento Corporativo do Mercado Livre, falou sobre o que chamou atenção do fundo para o investimento na plataforma de compra e venda de veículos seminovos. “Temos uma sinergia muito grande com a Carflix e a sua missão. Além disso, acreditamos fortemente no setor automobilístico e em seu potencial. Queremos ser um dos motores desse segmento e participar ativamente de sua evolução”, afirmou.

Henrique também contou que desde 2016 o Meli Fund tem adotado uma estratégia mais parecida com um venture capital tradicional, ou seja, buscado mais por um retorno financeiro, mantendo, entretanto, o seu pilar estratégico. “Como consequência disso, buscamos negócios que estejam alinhados com o objetivo do Mercado Livre de democratizar o acesso ao comércio e dinheiro na América Latina, que tenham times excepcionais e resolvam problemas importantes em grandes mercados”.

Desde sua criação, em 2013, o fundo já investiu em 34 empresas, sendo 10 delas brasileiras. Pensando em 2021, o gerente afirmou ainda não ter um número de investimentos previamente definido, mas mostrou estar confiante. “Estamos sempre avaliando novos negócios e temos boas perspectivas para este ano, que já começou com um ótimo pipeline”.

A Carflix, que atualmente possui uma média de 150 carros vendidos por mês, recebeu seu primeiro aporte em 2019 pelo Fundo BR Startups, gerido pela MSW Capital, no valor de R$ 2 milhões.  Sobre o que atraiu o fundo na época, Richard Zeiger, sócio da MSW Capital, disse: “Além de ter um time de primeira linha e um mercado enorme, percebemos na Carflix a possibilidade de impulsioná-la de formas que vão muito além do capital investido, usando toda a força de um fundo Multi-Corporate Venture Capital a favor da startup e seus empreendedores”.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.