Ir para o conteudo

Startup de soluções para governança corporativa recebe aporte de R$5,6 milhões

A Atlas Governance, startup desenvolvedora de softwares voltados para governança corporativa, anunciou um aporte de R$ 5,6 milhões. Essa é a terceira rodada de investimento na empresa e é um misto entre venture debt realizado pela Riza Asset (R$ 1,5 milhão) e um equity feito por diversos investidores (R$ 4,1 milhões). Com o valor, a empresa está avaliada em R$ 58 milhões e a tendência é que esse valor seja triplicado neste ano em função da expansão.

Além disso, com o capital, a empresa investirá no fortalecimento de três pilares: capital humano, expansão de seus negócios para o exterior e novas tecnologias para criação de outros produtos. O grupo de investidores conta com Leonardo Pereira (ex-presidente da CVM), Paulo Camargo (CEO do McDonald ‘s no Brasil) e Wilson Amaral (ex-CEO da Gafisa e atual do grupo Pacaembu).

“Com mais esta rodada, poderemos ampliar nosso time de colaboradores, consolidar nosso projeto de expansão na América Latina, aprimorar nosso marketing e investir em tecnologia e novos produtos”, comenta Eduardo Carone, CEO da Atlas Governance.

Eduardo Carone, CEO da Atlas Governance.

Empresas como Eletrobrás, CEMIG, Light, SABESP, Riachuelo, Hering, Iguatemi, Tok & Stok, Hospitais Beneficência Portuguesa, Sabará e Oswaldo Cruz, Ypê detergentes, CCR Rodovias, Cyrela, Even, Direcional e Casa da Moeda Brasileira são algumas das empresas que utilizam o sistema da Atlas Governance, que atualmente com mais de 200 clientes, e mais de seis mil conselheiros.

A empresa viu seu faturamento subir exponencialmente nos últimos dois anos. Em 2018, a startup faturou R$ 180 mil. Em 2019, a receita cresceu cerca de 9x e chegou a R$ 1,7 milhão. Em 2020, o valor mais que triplicou e chegou a R$ 6 milhões. Para 2021, a expectativa da empresa é de terminar o ano com 300 novos clientes e com ARR (Annual Recurring Revenue) de R$ 12 milhões, fechando o ano com um total de R$ 18 milhões.

Esse é o terceiro aporte financeiro que a startup recebe. O primeiro foi do próprio fundador, no valor de R$ 1,5 milhão, e o segundo, no mesmo valor, foi realizado por um grupo de 20 empresários e altos executivos do mercado.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.