O Google for Startups Brasil anunciou recentemente seis novas empresas selecionadas para receberem a segunda leva de investimentos do Black Founders Fund, fundo de investimento destinado a startups fundadas e lideradas por negros no Brasil. São elas: Aoca Game Lab, LegAut, EasyJur, WeUse, Treinus e Wellbe.

“As empresas selecionadas neste momento nos mostram que estão aptas a escalar seus negócios e promover mudanças significativas em suas comunidades, não apenas em relação à maior diversidade no mercado, mas no impacto que suas soluções podem produzir”, explica André Barrence, diretor do Google for Startups na América Latina.

Além de buscar uma rodada de investimento seed para financiar o próximo estágio de desenvolvimento, as empresas que desejam participar do fundo devem oferecer uma solução criada com base em tecnologia e já ter um negócio em operação, ou seja, já possuir um produto lançado com alguns usuários e possíveis clientes. Os empreendedores também precisam indicar como planejam usar o dinheiro. As inscrições para o fundo permanecem abertas por meio de um formulário no site da iniciativa

As startups ainda receberão créditos em produtos do Google e terão à disposição uma rede de mentores para ajudar nos seus desafios. Além disso, as empresas poderão ser selecionadas para participar dos programas realizados pelo Google for Startups no Brasil.

Conheça as empresas selecionadas:

Aoca Game Lab: empresa baiana de desenvolvimento de games independentes, focada em propriedades intelectuais de alma local e alcance global, como o jogo para PC “Árida”, que conta a história de uma garota que vive uma jornada de descoberta no sertão brasileiro do século XIX.

Easyjur: software jurídico inteligente para advogados, que auxilia na gestão de escritórios de advocacia por meio de Inteligência Humana e Artificial.

LegAut: plataforma que busca, analisa e organiza toda documentação de transações imobiliárias.

Treinus: plataforma de treinos esportivos criados por especialistas de acordo com o perfil e objetivos individuais.

Wellbe: plataforma empresarial de inteligência e redução de custo, que integra diversos dados de saúde e oferece indicadores para auxiliar na gestão. Possui também um aplicativo para o colaborador que monitora hábitos saudáveis e oferece feedbacks personalizados.

WeUse: um guarda-roupa virtual de consumo compartilhado. Os assinantes escolhem as roupas pelo app e recebem em casa.

Com essas startups, o total de empresas que receberam investimento do Black Founders Fund em 2020 chega a nove. A expectativa do Google for Startups Brasil é realizar cerca de 30 aportes até o final de 2021. “Estamos comprometidos em fazer nossa parte para lutar por mudanças significativas no ecossistema de startups e ajudar a preencher a lacuna de acesso ao crédito causada pelo racismo estrutural do nosso país”, completa André.