Pioneira no uso das funcionalidades do WhatsApp para comunicação entre empresas e consumidores, a Wavy Global, empresa do Grupo Movile especialista em soluções de Customer Experience, acaba de disponibilizar uma novidade para o mercado: os botões de respostas rápidas do WhatsApp.

A função vai dar aos usuários opções predefinidas para que a comunicação seja feita de forma mais rápida e assertiva. A experiência nesse tipo de solução já mostra resultados satisfatórios em um chatbot para a área de RH, a Ada, que tem utilizado o recurso em um formato de pesquisa de clima e cultura diária, e apresentou engajamento de 89% nas interações com os colaboradores.

A novidade engloba dois tipos de botões: call to action e resposta rápida. O primeiro é utilizado no modelo de mensagens de mídia ou de texto com frases, que também podem ser personalizadas de acordo com a necessidade. Neste existem duas opções de call to action disponíveis – visitar o site e ligar para o número de telefone da companhia, e o benefício desta opção é que ela pode auxiliar no aumento da taxa geral de envolvimento com notificações.

Já no modelo de resposta rápida, podem-se adicionar três interações em formatos de mensagens, e este visa a melhoria na qualidade das conversas com os usuários, disponibilizando respostas que podem reduzir erros de ortografia, melhorando a experiência automatizada com a marca.

A Wavy é provedora oficial da API do WhatsApp Business desde o seu lançamento, desenvolvendo projetos em conjunto com empresas para melhorar o relacionamento delas com os seus clientes, entregando uma experiência de atendimento cada vez mais surpreendente. “Em uma de nossas avaliações, com o uso dos botões no WhatsApp registramos cinco vezes mais engajamento que uma interação normal, em que se utiliza apenas texto na conversa com um chatbot”, afirma Eduardo Henrique, CEO da companhia.

Entre os cases da nova funcionalidade estão os testes com a Ada, chatbot voltado para a área de RH. Criado para comunicação interna com colaboradores e candidatos, entre diversas ações o bot tem sido essencial para manter a cultura e a proximidade da empresa com seu público interno em tempos de isolamento, além de ser um grande aliado para pesquisas de clima em tempo real com taxas de respostas muito acima do esperado, 89% de engajamento na primeira hora.

Além da Ada, a empresa testou o botão com algumas experiências no iFood, também empresa do Grupo Movile, e teve um ótimo rendimento. Eduardo acredita que essa é uma evolução importante no que tange à comunicação entre marcas e clientes. “É importante que as empresas estejam preparadas para resolver problemas dos consumidores e pensar em toda a jornada de cada um deles, uma vez que é esse tipo de iniciativa que fideliza o público”, pontua o executivo.

“No Brasil, o WhatsApp é o serviço de mensageria mais utilizado pela população, e tem se firmado também como um dos principais canais conversacionais entre clientes e marcas, inclusive nesse período de quarentena, em que as pessoas estão resolvendo boa parte de problemas pela internet. Com um consumidor que exige que as instituições estejam buscando sempre por possibilidades de progresso, os botões do WhatsApp chegam como mais uma alternativa para otimizar a jornada do usuário, fazendo com que ele tenha uma experiência memorável na utilização do canal. Essa atualização constante que a plataforma nos oferece é essencial”, reitera Flávio Stecca, CTO do iFood.

Como uma das empresas mais experientes no mercado de mensageria, todas as soluções da Wavy são desenhadas a partir dos fluxos de jornada do cliente. “Com os testes já realizados com Ada e iFood, conseguimos medir resultados e criar know-how para levar até o mercado uma solução cada vez mais assertiva”, finaliza o CEO.