A fim de apoiar ainda mais os esforços contínuos do Twitter para proteger a conversa pública e ajudar as pessoas a encontrar informações oficiais de saúde em torno da covid-19, a empresa lançou um novo endpoint no Twitter Developer Labs. O objetivo é permitir que desenvolvedores e pesquisadores aprovados possam estudar a conversa pública sobre a covid-19 em tempo real.

Este é um conjunto de dados exclusivo que abrange dezenas de milhões de Tweets diariamente e oferece informações sobre a crescente conversa pública global em torno de uma crise sem precedentes. Segundo o Twitter, disponibilizar esse acesso gratuitamente é uma das coisas mais únicas e valiosas que a empresa pode fazer à medida que o mundo se reúne para buscar respostas.

As conversas que acontecem na rede social têm o potencial de ajudar o mundo a entender melhor a pandemia da covid-19. Fundamentalmente, contribui para tornar o Twitter e o mundo um lugar melhor por meio de usos como:

– Pesquisando a propagação da doença;

– Entendendo a disseminação de desinformação;

– Gerenciando crises, respostas a emergências e comunicação nas comunidades;

– Desenvolvendo ferramentas de machine learning e dados que podem ajudar a comunidade científica a responder às principais perguntas sobre a covid-19.

O endpoint fornece acesso aos Tweets públicos relacionados à covid-19 e ao coronavírus em tempo real, conforme definido pelos critérios utilizados para dar alcance a este tópico no Twitter. Quem tiver interesse sobre o assunto, pode ler mais sobre o que está ou não incluído neste endpoint em um post no fórum, bem como orientações sobre como usá-lo e criar parâmetros suplementares para casos de pesquisa exclusivos da covid-19.

A escala do conjunto de dados requer experiência prévia no trabalho com dados do Twitter e ter a infraestrutura necessária para processar, armazenar e analisar os milhões de Tweets gerados todos os dias. Dada a experiência e os recursos computacionais necessários para lidar com esses dados, e reconhecendo a sensibilidade deles, a empresa criou um aplicativo dedicado para acessar esse endpoint.

A empresa planeja revisar cuidadosamente as solicitações de acesso para garantir que eles apoiem ​​o bem público. Também incentiva os candidatos a descreverem em detalhes as defesas que pretendem implementar para proteger a privacidade e a segurança das pessoas representadas nesses dados, incluindo revisões institucionais aplicáveis ​​e análises de ética.

O Twitter afirma que fará o possível para revisar os aplicativos em tempo hábil. No entanto, não pode garantir uma resposta imediata, mas vai priorizar os aplicativos de pesquisadores e desenvolvedores com experiência e recursos estabelecidos para trabalhar com esses dados.

Além de possuir uma conta de desenvolvedor aprovada, os desenvolvedores devem solicitar o acesso e serem aceitos a este endpoint e aderir aos termos do Acordo e Política do Desenvolvedor. Os termos fornecem orientação sobre casos de uso restrito relevantes para projetos que analisam tópicos relacionados à saúde. Para garantir que esses dados sejam mantidos em conformidade, o acesso ao endpoint da covid-19 será acompanhado por um novo endpoint de conformidade (disponível mediante aprovação). A documentação pode ser encontrada no site.