O WhatsApp implementou nesta terça (07) uma medida para diminuir a disseminação de informações falsas na plataforma. A partir de agora, os usuários do aplicativo estarão limitados a encaminhar as mensagens para apenas um contato por vez. Esse limite entra em vigor assim que uma mensagem foi encaminhada anteriormente 5 vezes ou mais. Esta é a restrição mais recente estabelecida pelo WhatsApp, tornando o app um dos poucos produtos que adotaram medidas para restringir a viralidade e colocar limites em como as pessoas podem enviar conversas.

Recentemente, usuários do WhatsApp beta passaram a descobrir mais informações sobre mensagens encaminhadas. Essa ideia envolve a exibição de um ícone de lupa ao lado desses conteúdos frequentemente encaminhados, dando aos usuários a opção de realizar uma pesquisa na web, na qual podem encontrar resultados de notícias ou outras fontes de informação. A verificação dessas mensagens antes do encaminhamento pode ajudar a reduzir a disseminação de rumores. Este recurso está atualmente em teste e as próximas etapas serão compartilhadas com os clientes.

A plataforma também já realizou outras implementações. Em janeiro de 2019, estabeleceu limites globais para as mensagens encaminhadas para restringir a viralidade, baniu cerca de dois milhões de contas por mês por tentar enviar mensagens em massa ou automatizadas, além de continuar trabalhando diretamente com ONGs e governos, incluindo a Organização Mundial da Saúde (OMS) e mais de 20 ministérios nacionais da saúde, incluindo o do Brasil, para ajudar a conectar as pessoas com informações precisas.

A empresa reitera que todas as mensagens e chamadas na plataforma são protegidas com a criptografia de ponta a ponta por padrão para garantir que os usuários tenham um espaço seguro para as suas conversas mais privadas. Para tornar o aplicativo ainda mais pessoal, criou o conceito de mensagens encaminhadas muitas vezes e adicionou uma etiqueta de setas duplas para indicar que essas mensagens não foram criadas pelo contato que as enviou.

Geralmente, as mensagens encaminhadas muitas vezes podem conter informações falsas e não são tão pessoais quanto as mensagens típicas enviadas pelos seus contatos no WhatsApp. No ano passado, quando criou o limite de encaminhamento para conter a disseminação de notícias falsas, ajudou a diminuir em 25% o número de mensagens encaminhadas em todo o mundo.