A startup NotCo e o Burger King Chile anunciaram a chegada do esperado Rebel Whopper, versão vegetariana do sanduíche da rede de restaurantes. O hambúrguer desenvolvido em conjunto pelas empresas é com carne 100% vegetal e possui sabor, textura e todas as características esperadas em um Whopper tradicional.

Por se feito na mesma grelha que sanduíches de origem animal, o Rebel Whopper não é vegano, mas uma opção perfeita para quem prefere consumir menos carne. Essa é a primeira vez que o Burger King Chile aposta em uma empresa de desenvolvimento de alimentos nacional — que também está presente no Brasil e na Argentina — para lançar um dos seus hambúrgueres mais emblemáticos.

“Essa inovação não foi apenas a etapa lógica de nosso cardápio para o Chile, mas uma necessidade latente de milhares de clientes, que preferem não consumir carne. Ter um hambúrguer feito 100% de plantas nos permite não apenas satisfazer a esses clientes, mas mostrar liderança na indústria com um produto único desenvolvido em conjunto com uma empresa chilena de prestígio internacional, que emprega tecnologia de ponta”, diz Soledad Fantuzzi, gerente de marketing do Burger King no Chile. “Desafiamos os nossos milhares de clientes a poder notar alguma diferença entre um Whopper tradicional e o Rebel Whopper”.

O desenvolvimento do hambúrguer vegetal foi possível graças à tecnologia e à inovação da NotCo. A foodtech nasceu em 2015 com a missão de revolucionar o modo de produção da indústria alimentícia, utilizando tecnologia e inteligência artificial para criar alimentos que amamos comer com ingredientes 100% vegetais, saborosos, bons para as pessoas e para o meio ambiente.

“Embora sempre surpreendamos o mercado com os nossos produtos, com o Rebel Whopper o desafio foi chegar na textura de um hambúrguer clássico e conhecido por milhares de pessoas e fãs do sabor do Whopper”, diz Flavia Buchmann, Chief Marketing Officer da NotCo. “A NotCo não apenas criou um hambúrguer 100% vegetal, como também alcançamos um sabor superior que faz do Rebel Whopper uma alternativa altamente atraente. É um grande passo no que é razão da existência da NotCo: possibilitar que todos comam alimentos deliciosos de maneira sustentável. Uma mudança que se faz com alianças como essa e com produtos incríveis como o Not Whopper”.

Em todo o mundo, a substituição da proteína animal por opções totalmente vegetais está crescendo. Segundo um estudo do banco Barclays, em 10 anos o mercado de substitutos de carne animal pode chegar a 10% do mercado de carnes convencionais. Também há uma tendência clara por produtos de menor impacto ambiental.

Mercado brasileiro

A NotCo pretende lançar no mercado brasileiro uma alternativa à carne em 2020. Por aqui, a companhia já oferece alternativas saborosas e sustentáveis à maionese com a Not Mayo, ao leite com o Not Milk (versões integral, semidesnatado e chocolate) e a sorvetes cremosos, com o Not Ice Cream (sabores chocolate, baunilha e cookies and cream).

A startup, que tem o fundo Bezos Expedition (de Jeff Bezos, fundador da Amazon) entre seus investidores, desenvolveu um algoritmo de Inteligência Artificial para a pesquisa e desenvolvimento de alimentos. O algoritmo cruza informações de produtos de origem animal com uma grande biblioteca virtual de plantas e sugere receitas inimagináveis para recriar a comida. Essa inovação permite tirar os animais da equação, dando origem a produtos mais sustentáveis, mas sem interferir no sabor que o consumidor gosta.