* André de Angelo

Para qualquer empresa, independente do segmento que atua, a gestão é o tópico mais importante para o seu sucesso. Isso porque a administração de um negócio diz respeito a uma série de ações estratégicas que buscam conduzir a empresa a alcançar melhores resultados, evitar falhas e corrigir erros.

Tendo isso em mente, ao falarmos de gestão é importante destacar que existem diversas formas de organizar e administrar seu negócio. A gestão horizontal é um modelo muito promissor e adotado principalmente por empresas ligadas à tecnologia.

De forma geral, o maior benefício desse modelo de gestão é a eliminação de certas burocracias que envolvem a gestão vertical (modelo mais conhecido baseado em hierarquias bem definidas).

Considerando esse e outros modelos de gestão promissores, preparamos este conteúdo para falar mais sobre a gestão horizontal, destacando as formas como pode beneficiar seu negócio. Acompanhe! 

Entenda o que é a gestão horizontal

Independente do segmento que atua, seja uma empresa que realiza o revestimento de cilindro, uma estação de tratamento de efluentes ou responsável por realizar a manutenção de chiller, uma gestão eficiente é indispensável. 

Na estrutura da gestão horizontal os colaboradores são mais independentes e podem tomar diversas decisões diariamente. Essa autonomia é voltada para questões que envolvem horários, comportamentos e métodos para desenvolver o próprio trabalho. 

Analisando assim pode surgir o pensamento “então na gestão horizontal não existe um chefe?”. Essa afirmação não está correta, pois com certeza existe um chefe. A questão é que as questões hierárquicas são mais leves, fugindo da estrutura clássica. 

A questão é que a gestão horizontal mantém os colaboradores empenhados, focando todo o tempo e energia na solução de problemas reais e otimizando o trabalho. 

Saiba quais são as vantagens da gestão horizontal 

Diversas empresas já são adaptadas ao modelo de gestão vertical. Seu objetivo é oferecer aos seus colaboradores motivação e dinamismo para a realização das tarefas no dia a dia.

É fato que não exista um modelo exato de gestão, porém, algumas diferenças podem ser adaptadas a cada realidade e exploradas de alguma forma específica. Na gestão horizontal, podemos destacar que as maiores vantagens são: 

  • A redução nas burocracias;
  • A criação de um ambiente mais leve;
  • Colaboradores mais motivados e engajados;
  • Decisões são tomadas de maneira dinâmica;
  • Redução nos custos da empresa;
  • A formação de equipes multifuncionais.

No Brasil, atualmente esse conceito ainda faz parte de empresas de menor expressão, que buscam reduzir seus custos ou não possuem a necessidade de contratar gestores para cada área.

Aplique o modelo de gestão horizontal em seu negócio 

Como vimos ao longo deste conteúdo, o modelo de gestão horizontal é uma alternativa que além de fugir do clássico, traz uma nova perspectiva sobre a organização e forma de lidar com os processos internos de uma empresa.

No dia a dia nem sempre é possível passar por todas as etapas burocráticas para resolver os contratempos de trabalho. 

Por isso, a gestão empresarial se mostra uma solução eficiente e com diversas vantagens tanto para as empresas quanto todos os colaboradores que buscam máximo desempenho em suas atividades.

Uma gestão baseada em princípios e liberdade pode ter eficiência e manter uma organização na direção certa. Pois, vale lembrar sempre: uma boa gestão é o caminho para o sucesso de uma empresa. 

* André de Angelo é criador de conteúdo do Soluções Industriais.