O serviço que a 99Motos aposta é quase uma mão na roda, já que se trata de um aplicativo voltado a serviços de entregas de motoboys – plataformas similares vêm surgindo no mercado, conforme já falamos algumas vezes aqui no Startupi ao longo desse ano.

O app tem duas versões: uma para clientes e outra para motoboys e, até então, roda apenas no sistema operacional Android. Pelo aplicativo, o cliente pode monitorar o trajeto da encomenda – a ideia que se reduza o gargalo no tempo de entregas.

O cliente pode instalar o app e localizar motoqueiros mais próximos a ele por meio de geolocalização, nos moldes dos aplicativos de táxi. O motoboy que quiser operar por intermédio do serviço pode se cadastrar no site da empresa, para posterior análise – é preciso ver se o motoboy está com a documentação regularizada.

Não existe taxa de adesão ao serviço para ambos – o modelo de negócios da 99motos estabelece que o motoboy paga R$ 0,99 por ponto percorrido (cada ponto equivale a 6 quilômetros).