A LIH e o Grupo Rocket Internet anunciaram hoje que estão investindo R$ 5 milhões na ClickBus, que inicia suas operações no Brasil com a venda de passagens rodoviárias pela internet. E eles chegam com um plano agressivo de expansão: não será cobrada a taxa de conveniência dos passageiros. “O consumidor escolhe seu destino no site, compra sua passagem e no dia da viagem a retira nos guichês das companhias”, diz a empresa.

Comunicado divulgado pela startup informa que os interessados já podem comprar passagens para 3,5 mil destinos pelo serviço. Até o final do próximo trimestre, eles pretendem cobrir 80% do território nacional.

“Temos convicção que também no próximo trimestre vamos expandir nossas operações para América Latina e Ásia, levando essa transformação para outros mercados ao redor do mundo”, revela Eduardo Medeiros, co-CEO e cofundador da ClickBus ao lado do economista Marcos Sterenkrantz. Vocês devem lembrar que o Eduardo foi o fundador da Eudecido.com, acelerada pela Wayra.

O aporte recebido pela Clickbus será dedicado à expansão da empresa e o desenvolvimento do portal no Brasil. A startup afirma já ter 20 pessoas na equipe.

O mercado de venda de passagens rodoviárias pela internet está aquecido no Brasil, com a presença das aceleradas Chegue.lá e BrasilByBus, além da NetViagem.