Essa semana aconteceu a 8ª edição do Open Innovation Week – OIW 2016, evento que tem como objetivo conectar pessoas, instituições e comunidades de inovação, propondo um novo conceito sobre as chamadas open startups ou startups focadas em inovação aberta.

“Uma open startup não é uma pequena empresa que irá se tornar grande, é diferente. A startup aberta é uma empresa que é ágil o suficiente para se transformar conforme vai estabelecendo conexões”, afirma Bruno Rondani, organizador do evento e mentor do movimento 100 open startups.

A 8ª edição do evento também reuniu as startups do movimento 100 open startups, que destacou as 100 startups brasileiras mais atraentes e interessantes para as grandes empresas líderes em inovação. Elas foram selecionadas entre mais de 1.500 propostas enviadas, de 23 estados, que participaram do movimento de julho a dezembro de 2015.

Durante três dias, as startups estiveram em contato com mais de 20 investidores e 50 grandes empresas entre elas, IBM, 3M, HP, Abbott, Algar, Natura, entre outras. A ideia do networking foi discutir novos modelos de relacionamento entre grandes empresas e startups, além de trocar mentoria, investimentos e estabelecer parcerias.

“Discutimos hoje novos conceitos e práticas sobre como startups podem contar com o apoio de grandes empresas para viabilizarem sua inovação e como grandes empresas podem se beneficiar do crescente movimento de startups para serem mais inovadoras”, diz Bruno.

No terceiro dia do evento, foi anunciada a lista das TOP 10 startups que mais chamaram a atenção das grandes empresas. Confira abaixo:

10) Virtual Care
9) Nama
8) Dr. Cuco
7) Omnize
6) StoryMax
5) Prosumir
4) Reachr
3) Nexxto
2) Beenoculus
1) Lean survey

Dentre as dez startups selecionadas, sete são paulistas, as demais são do Paraná e de Santa Catarina. Duas das startups do TOP 10, Dr. Cuco e Virtual Care, são da área de saúde, voltadas especificamente para cuidados de pacientes. Saúde é uma das cinco grandes áreas de maior presença das startups do movimento, ao lado de educação, varejo, indústria e comunicação.

Em entrevista ao Startupi, Rawlinson Terrabuio, CMO e Cofundador da Beenoculus, 2° colocada no evento, contou que durante o evento os dias foram bem intensos, cheios de contato com as grandes empresas, desenvolvendo propostas de valor em conjunto e entendendo o que uma podia esperar da outra. “O prêmio é um reconhecimento pelo trabalho e esforço, mas os dois dias de dinâmica em que ficamos em contato com pessoas de decisão e de visão das grandes empresas, foi o nosso maior prêmio”, afirma ele. A Beenoculus saiu do evento com meia dúzia de pedidos de propostas, com a oportunidade de submeter projetos dentro de algumas empresas e outros contatos para dar segmento pós evento.

Foto: Fábio Franci

Foto: Fábio Franci

Fernando Salaroli, fundador da Lean Survey, 1° colocada e destaque no evento, contou ao Startupi que essa é a segunda vez que participam do Open Innovation. Em 2015, seu foco era conseguir investimento e conseguiram arrecadar R$300 mil reais, já esse ano a proposta era se aproximar das grandes empresas e eles conseguiram fechar um piloto com várias das grandes empresas presentes no evento. “Esse evento serviu para nós como uma real validação de que nosso produto está correto. As grandes empresas que estavam aqui gostaram e toparam fazer um piloto com a gente”, comenta ele.

Foto: Fábio Franci

Foto: Fábio Franci

Aproveitando a proposta do evento, que é fazer a conexão entre grandes empresas e startups, Bruno compartilhou com o Startupi que eles fizeram um projeto piloto com a startup Lean Survey para testar se existe a possibilidade de uma startup ser financiada por um conjunto de grandes empresas. “Testamos isso aqui de forma pioneira no mundo, colocando 15 empresas para conversar com uma única startup e discutir como elas podem fazer dela um unicórnio”.

Também foi divulgada uma lista das TOP 10 grandes empresas que participaram do evento e que mais tiveram interesse nas startups e que pretendem manter contato com elas.

10) Cemig
9) Metodista
8) Locaweb
7) Atlas Schindler
6) AES Eletropaulo
5) Senai
4) ilegra
3) Abbott
2) Algar Telecom
1) 3M