Com o intuito de democratizar os investimentos no Brasil e fomentar o ecossistema de startups, a Bossanova Investimentos, venture capital mais ativa da América Latina, lança o CCB Brasil 5, que permite que pessoas possam aportar em startups do portfólio da Bossa a partir de R$ 1 mil até R$ 50 mil. O investimento, além de dar acesso a parte do portfólio da VC, também protege o capital do investidor, que renderá 118% da poupança.

Sigla para Cédula de Crédito Bancário, uma CCB é uma promessa de pagamento decorrente de uma operação de crédito de qualquer modalidade no mercado emitido em favor de uma instituição financeira. A cédula pode ainda considerada uma forma de antecipação de recebíveis, já que o emissor recebe os recursos vendendo parte de um ganho futuro baseado na rentabilidade de seu negócio principal, remunerando a instituição financeira. Na prática, o emissor recebe o recurso na emissão, investe em seu negócio, fatura e, na sequência, paga o valor à instituição financeira acrescido da taxa de juros acordada.

Uma CCB é um título de renda fixa que frequentemente utilizado pelas construtoras para financiar suas obras. A nova modalidade lançada pela Bossanova é um produto inédito no mercado de venture capital no Brasil, criado para atrair investidores iniciantes que buscam diversificação de portfólio e controle de riscos com retornos atrelados ao crescimento das startups. 

Além do investimento, os novos investidores terão acesso aos benefícios educacionais promovidos pelo o Clube do Equity, comunidade de investidores da venture capital. O Clube realiza periodicamente encontros on-line que promovem a educação nos investimentos em startups, “com o intuito de compartilhar conhecimento e fortalecer a rede de investidores-anjos profissionais, beneficiando diretamente o ecossistema empreendedor de inovação”, diz a Bossanova.

A nova CCB da Bossanova rodará exclusivamente pelo aplicativo da INCO, plataforma de investimentos coletivos. Assim, todos os interessados em fazer parte da oferta devem se cadastrar por meio do app. 

“Através de um produto bancário (uma CCB), oferecemos uma oportunidade que garante capital 100% protegido e rendimentos vinculados à performance do portfólio. Uma oportunidade para os micros investidores que não investirão diretamente em startups (Equity), mas terão indiretamente exposição aos ganhos através das alocações e decisões de investimentos da Bossanova com os recursos captados”, afirma a VC.