A hygia bank, startup com soluções de fintech para o setor de saúde, recebeu um aporte de US$ 1 milhão de um grupo de empresários do Rio Grande do Sul com forte expertise no setor de empresas de tecnologia e saúde, na modalidade smart money, na qual os investidores também vão entrar com mentoria em gestão, contatos, desenvolvimento de produtos e clientes.

Zeca Martins, diretor de Relações Institucionais na hygia bank, explica que a visão de saúde preditiva da startup foi preponderante para a decisão de fazer o aporte. “Eu gosto muito do discurso do Maikol Parnow, CEO da hygia bank, quando diz que as pessoas só pensam em saúde quando estão no médico tratando a doença, e fazer promoção de saúde para os funcionários agrega valor ao negócio das empresas para as quais presta serviços”.

Para Martins, a hygia bank tem um mercado muito grande e interessante para ser explorado que, embora não seja fácil devido à necessidade de causar alguma disruptura e agregar valor à vida das pessoas, das empresas e dos interlocutores da área de saúde, ela tem todas as características e modelos de negócio para atingir os resultados que almeja.

O investidor confessa que ficou surpreso com o rápido crescimento da finhealth em apenas dois anos, com o desenvolvimento de vários produtos como o selo Work Health is Better, certificação para as empresas que investem em ações de promoção de saúde; aquisição da Dr. Mob, sistema de gestão para clínicas e centros médicos; lançamento de um plano de saúde baseado na prática de hábitos saudáveis dos funcionários das contratantes do serviço; desenvolvimento de um teste genético vendido nas farmácias da rede Panvel, enfim, um vasto portfólio de produtos e serviços.

Maikol Parnow, CEO da hygia bank, afirma que o aporte ajudará na estratégia de Go To Market e crescimento do time da hygia. “Estamos muito felizes com a entrada do grupo, não só pelo recurso financeiro, mas pela maturidade de gestão e visão que eles possuem. O próximo quarter será de preparação para colocarmos de pé toda nossa estratégia de crescimento exponencial para 2022”, destaca.

O empresário adianta que a hygia bank deverá ter até o final do ano o primeiro superaplicativo da área de saúde do país, com uma evolução da aplicação atual. “Em 2022, marcaremos nosso nome entre os grandes players e teremos uma escala exponencial”, estima.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.