BRANDED CONTENT

Para ajudar a inovar ainda mais  o setor de biotecnologia brasileiro, nasce a Molkom Pharma Biotech Ventures, uma Corporate Venture Builder criada por 3 empresas: Holding FCJ, Holding Saúde Ventures e Molkom.

Com o objetivo de desenvolver produtos para diferentes tipos de aplicação, a biotecnologia atende diversos setores, desde o farmacêutico, agricultura, processamento industrial e até mesmo o veterinário. Devido à sua inúmera aplicabilidade, a biotecnologia vem garantindo eficiência não só a benefício da saúde humana, mas de toda a cadeia produtiva desses setores.

Por meio de parcerias com startups, o projeto busca ajudar na área da saúde e agilizar os processos com uma equipe dinâmica como já é comum das startups, além disso, desenvolverá soluções inovadoras no ramo farmacêutico e de biotecnologia por meio da buildagem de startups.

Analisando o segmento de saúde do Brasil, o CEO da Molkom, Kleber Miranda, lamenta que o país não seja um expoente no mercado. Ele comenta que além de toda a matéria prima presente em abundância no Brasil, também possuímos pessoas com vontade de mudar o atual cenário. A formação da Molkom busca trazer essas pessoas para dentro do mercado.

“É uma tristeza quando a gente olha o Brasil, com mais de 200 milhões de habitantes com pouquíssimos, raros produtos dentro de um cenário mundial. Queremos fazer esse complemento ao mercado.”

Kleber Miranda – Molkom.

A Molkom busca crescer o patamar da área de saúde brasileira, buscando sair do nível nacional para o mundial, investindo no setor de saúde do Brasil, visando crescer o mercado e especializá-lo. A Venture também oferece para seus parceiros monitorias e rodadas de investimentos que serão responsáveis por tirar as ideias das startups do papel.

Já presente no mercado de saúde, Fábio Veras, CEO da Holding Saúde Ventures, pode analisar que a parceria com startups deve trazer benefícios para ambos os lados. Ele comenta que o dinamismo e a velocidade em que as tarefas são realizadas no ambiente tecnológico podem trazer agilidade para a criação de medicamentos ou na forma de como funcionam os atendimentos.

“A Covid-19 acelerou ainda mais essa questão de produção de vacinas em tempo recorde, o mundo se uniu em consórcios e nações em prol do mesmo objetivo, e a questão da inteligência artificial associada ao volume de dados, faz com que a validação de medicamentos e fármacos ganhe um ciclo de aprovação cada vez mais curto. Com as startups acontece do mesmo jeito.”

Fábio Veras – Saúde Ventures.

Finalizando a apresentação, o CEO e Fundador da FCJ Venture Builder, Paulo Justino, explica que agora o grande desafio é colocar o projeto em prática, mas acredita que com o grande desafio que foi proposto os frutos colhidos também serão muito recompensadores.

Paulo Justino – Holding FCJ

Com o apoio da FCJ Venture Builder, que é referência no ramo de Venture Builder na América Latina, e da Holding Saúde Ventures, que lidera o processo de Venture Builder no segmento de saúde no Brasil, a Molkom Pharma Biotech Venture Builder oferecerá às startups selecionadas:

  • infraestrutura;
  • know-how;
  • acesso a canais de mercado;
  • rede de mentores e investidores;
  • modelagem de negócio;
  • apoio nas rotinas administrativas e governança;
  • suporte em vendas, marketing e desenvolvimento de produto;
  • Investimento financeiro,
  • entre inúmeros outros benefícios.

Foto em destaque: Responsáveis pela Molkom durante evento de lançamento do projeto.