O Google for Startups anunciou nesta terça-feira a segunda turma do Growth Academy no Brasil, que vai capacitar líderes de growth de startups como Méliuz, Revelo e Alice. Durante seis semanas, os empreendedores dessas e de outras cinco empresas terão acesso a conceitos e estratégias comprovadas de crescimento, além de frameworks para implementá-las em seus negócios.

O programa é remoto e conta com sessões individuais e em grupo, com treinamentos, discussões de estudos de caso e conversas com especialistas do Google e do mercado.  Desenvolvido em Israel, o Growth Academy já foi realizado pelo Google for Startups em países como Espanha, Japão e Reino Unido. 

“O Growth Academy é novo no Brasil, mas já está se consolidando como um programa que entrega conteúdo relevante, na teoria e na prática, para startups de grande porte do mercado. Estamos muito felizes de poder ajudar mais uma turma de profissionais admiráveis a entenderem como técnicas inovadoras de Growth podem ajudá-los a chegar mais rápido em suas metas de crescimento”, afirma a gerente de Programas do Google for Startups, Fernanda Caloi.

Como funciona

O Growth Academy é voltado para startups em fase de escala com tração comprovada em seu mercado e com metas expressivas de crescimento, além de terem equipes de growth dedicadas e comprometidas com o crescimento da startup.

Ao longo das seis semanas do programa, os líderes das empresas aprendem e discutem conceitos de crescimento, como frameworks de experimentação, loops de aceleração, entre outros. Além disso, eles vão levantar ideias de como implementar estratégias com as soluções do Google.

Em paralelo, eles contam com mentoria dedicada de especialistas em growth do Google e do mercado para a execução das estratégias aprendidas. Um dos especialistas é Nikolas Vogt, fundador do Growth Academy Europe e parceiro no desenvolvimento do programa no Brasil. 

“Queremos ajudar as startups a seguirem no caminho de desenvolvimento e aumentarem a relevância no mercado brasileiro focando no crescimento sustentável que coloca o usuário final no centro da estratégia. Com mais clareza do potencial que possuem nas disciplinas de growth, vão chegar ainda mais rápido aos seus objetivos”, finaliza Caloi.

As startups selecionadas para a segunda edição do Growth Academy no Brasil são:

Alice: Plataforma de gestão de saúde que tem como objetivo ser uma alternativa aos planos de saúde tradicionais.

Alura: Oferece diversos cursos remotos de tecnologia, como práticas de UX, Marketing Digital, Data Science, entre outros.

Gorila: Fintech que consolida investimentos em uma só plataforma.

Méliuz: Startup de cashback, que disponibiliza cupons em seu portal e retorna parte do valor gasto em compras para o cliente.

mLabs: Plataforma de gerenciamento e análise de interações em redes sociais.

Nuvemshop: Solução de e-commerce para PMEs criarem uma loja online autogerenciável. Revelo: HR Tech que conecta candidatos a vagas de emprego de forma ágil e humanizada.

Take: Soluções de chatbot para vendas e outros departamentos de empresas de diferentes portes e setores.

Revelo: HR Tech que conecta candidatos a vagas de emprego de forma ágil e humanizada.