BRANDED CONTENT

Arena Hub, maior centro de inovação e empreendedorismo esportivo da América Latina, com atividades desde maio de 2020, tem conectado mais de 80 startups e membros associados, mais de 30 entidades esportivas e diversos parceiros nacionais e internacionais. O trabalho é para gerar e desenvolver negócios direcionados ao esporte brasileiro. Para aumentar e impactar ainda mais essa indústria, eles lançaram o Podium Labs, seu primeiro programa de aceleração, mais um grande passo para ampliar e fomentar negócios com diferentes empreendedores e startups.

“Em 2020 tivemos o Desafio Like a Player, em parceria com o SEBRAE, evento fundamental para mapearmos o atual momento do ecossistema de startups do esporte, bem como seus níveis de maturidade e entregas”, explica Fernando Patara, executivo e cofundador do Arena Hub. “Percebemos que os empreendedores, embora com muito empenho e criatividade, ainda precisam se adaptar ao mercado esportivo, entender mais a fundo as necessidades para que, assim, desenvolvam soluções que melhor se aplicarão ao mercado esportivo”.

As inscrições estão abertas até dia 30/03 e os critérios incluem que sejam startups com atuação direta ou indireta no segmento de esporte, saúde e bem estar com foco em modelos de negócios B2B, B2B2C, transacional, SaaS e híbrido. É importante ressaltar que, dentro da premissa do Arena Hub, todas as soluções devem ser direcionadas ao fomento e impulsionamento da indústria esportiva.

O Programa Podium é um importante passo para que as startups participem de mentorias e eventos diversos. A iniciativa oportuniza que os empreendedores compartilhem conhecimento entre si, além de contarem com a expertise dos parceiros do Arena Hub, que possuem diferentes níveis de maturidade no segmento. Para os investidores é uma grande oportunidade de investir em startups early stage em troca de equity para desenvolvimento do segmento do esporte, um setor em ascensão em todo o mundo.

“Participar de um Programa de Aceleração é mandatório para uma startup ter sucesso em seus negócios e prosperar. O foco do programa está em conectarmos os projetos ao mercado, gerando tração e escalabilidade às startups participantes”, explica Fernando Patara. “Para isso serão propostos períodos intensos para troca de conhecimento com incentivo de recursos humanos e financeiros que irão acelerar o sucesso do negócio e fazer com que a solução seja desejada e aderida pelo mercado”.

Ao longo do programa, as startups recebem incentivo para desenvolvimento e aperfeiçoamento do seu modelo de negócio, além de ampliarem as possibilidades estratégicas de uma POC ou novo produto ao mercado, caso seja necessário. Os segmentos de negócios podem ser voltados para Engajamento de fãs, Performance Humana e Saúde e Bem Estar, Espaços inteligentes, Conhecimento, Inteligência de negócios, E-Sports e Gamificação, Mídia e conteúdo, Impacto social e sustentabilidade.

Espaço Arena Hub dentro do Allianz Parque

Conexão para investimentos em negócios inovadores

A Catarina Capital tem importante papel no programa, sendo a empresa de investimentos responsável pela gestão do veículo financeiro, criação e gestão dos comitês e contribuirá ativamente com estratégias no projeto. A empresa atua em rede, com sede em Santa Catarina, reconhecida como a Ilha do Silício, que possui também a maior concentração de segmentos de tecnologia na representação do seu PIB. Por estar imersa em um cenário favorável, a Catarina Capital visa empoderar e incentivar projetos inovadores e empreendedores, além de preencher lacunas e setores produtivos que ainda são desprivilegiados pelo mercado de capitais e possuem grande potencial.

Junto ao Arena Hub, a Catarina Capital irá auxiliar os empreendedores a identificarem seu cliente-alvo, como rentabilizar com ele, a desenvolverem um MVP (produto mínimo viável) e a avançar na esteira de captação de uma nova rodada de investimento. O veículo tem a possibilidade de realizar aportes de até R﹩400 mil, em troca de um teto de 12% de participação nas empresas, dependendo do estágio de cada startup.

“O Podium Labs só vem confirmar os bons resultados do Arena Hub e as conexões que têm sido promovidas para o setor de esporte. Neste momento o hub dá um novo passo com o programa de aceleração conectando estes players com o mercado de capitais e investimentos”, afirma Thiago Lobão, CEO da Catarina Capital. “Essa também é uma oportunidade de unir o ecossistema de São Paulo ao mercado de Santa Catarina, onde startups de bem estar e lazer estão cada vez mais em destaque”.

Além disso, os parceiros internacionais do Arena Hub participarão do Programa de Aceleração Podium Labs prestando apoio, estruturação e validação das etapas do programa, por meio de mentorias e office hours, tanto individuais quanto coletivas, além de terem conhecimento sobre processos de internacionalização dos projetos.