2020 foi um ano surpreendente e 2021 será exuberante

* Por Dagoberto Hajjar

O mercado de TI fechou 2020 com 10,4% de crescimento sobre o ano anterior. Eu realmente não achei que 2020 seria tão bom, e estou ainda mais impressionado com o resultado da nossa recente pesquisa onde os empresários de TI registram suas expectativas para 2021.

Em abril, estávamos todos desesperados, com compradores e vendedores trancados dentro de casa e sem saber o que ia acontecer. As empresas maiores já sabiam como trabalhar, de maneira remota, com seus colaboradores e terminaram o ano 12,9% de crescimento. As empresas menores patinaram muito até aprender a trabalhar de maneira remota e terminaram o ano com 10,2% de crescimento.

Com em todo ano desafiador, tivemos uma polarização com 17% das empresas tendo resultados piores do que 2019, e 76% das empresas com resultados melhores do que em 2019 e, em especial, um grupo de 13% das empresas com taxa de crescimento acima de 30%.

E como será 2021?

Curiosamente, nesta pesquisa, apareceu o efeito que chamamos de “cautela generalizada”, que já havia aparecido nas pesquisas de janeiro de 2017 e janeiro de 2019 e que faz os empresários serem bem mais cautelosos e conversadores em suas expectativas de crescimento do mercado. Eles estimaram um crescimento de 11% para o mercado de TI em 2021, contudo, acham que suas empresas crescerão bem acima da média de mercado, chegando a 22,2% de crescimento. 

Eu faço estas pesquisas no mercado de TI desde 2008, então eu consigo dizer, com muita propriedade, que nem os 11% nem os 22% estão certos. Minha previsão é que o mercado encerre 2021 com 14% de crescimento, o que é um resultado exuberante. Existem, no mínimo 10 fatores, que juntos criarão um ambiente extremamente favorável para a venda de tecnologia.

As empresas que vendem produtos e serviços em nuvem estão prevendo taxas de crescimento muito acima de 30%. Quem vende infraestrutura como serviço prevê mais de 50% de crescimento. E o percentual do faturamento que virá da venda de produtos e serviços crescerá de 28,9% em 2020 para 36,9% em 2021. 

As empresas de TI estão prevendo fortes investimentos em contratações, marketing e vendas, sinalizando suas crenças de que 2021 será um ano de grande oportunidade. É a segunda vez que vemos um quadro com tamanha expectativa de investimentos. A primeira vez foi no começo de 2020, quando os empresários esperavam um crescimento de 20% no ano e, por conta disto, estavam prevendo investimentos altos em colaboradores, marketing e vendas. 

Um fato que vale a pena destacar na pesquisa, é que as empresas de TI menores sofreram mais em 2020, mas aprenderam a trabalhar de maneira diferentes e são as que estão projetando taxas de crescimento maiores para 2021. 

O mercado consumidor aprendeu, com a crise, que tecnologia é fundamental para a sobrevivência e crescimento. Os projetos de transformação digital foram muito acelerados. As empresas consumidoras menores fizeram o mínimo necessário para a sobrevivência em 2020, mas terão que fazer os investimentos corretos e adequados em tecnologia neste ano, abrindo uma grande oportunidade para quem vende tecnologia para o mercado SMB.

Estamos frente a uma enorme onda de oportunidade, para as empresas que estiverem treinadas e preparadas para surfar…


Dagoberto Hajjar trabalhou 10 anos no Citibank em diversas funções de tecnologia e de negócios, 2 anos no Banco ABN-AMRO, e 9 anos na Microsoft exercendo, entre outros, as atividades de Diretor de Internet, Diretor de Marketing e Diretor de Estratégia. Atualmente é sócio fundador da ADVANCE – empresa de planejamento e ações para empresas que querem crescer.

Espaço Exclusivo para Executivos e Empresários transmitirem conhecimento, experiência sobre carreira no mercado corporativo, transição de carreira de executivo para empreendedor, dicas e mentoria para quem está iniciando como Startups ou precisa se capacitar para tornar-se um Gestor.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.