Ir para o conteudo

Startup focada na digitalização das PMEs de regiões periféricas e pequenas cidades recebe aporte de US$2,2 milhões

A Dolado, plataforma que leva a digitalização de forma gratuita até pequenos varejistas em áreas periféricas e pequenas cidades, fechou sua rodada série seed com um aporte de US$ 2,2 milhões liderada pelo fundo americano Valor Capital Group.

A rodada contou também com a participação da Global Founders Capital, Provence e Norte Capital, além de investidores-anjo de empresas como iFood, Stone, Olist, Viva Real, Paypal e sócios de fundos internacionais como Lightspeed Ventures e Expanding Capital. Com os recursos, a startup irá ampliar equipe e fazer investimentos massivos em tecnologia e produto.

Criada em julho de 2020 por Guilherme Freire, Khalil Yassine e Marcelo Loureiro, a Dolado surgiu para dar apoio aos pequenos varejistas que não acompanharam a onda de digitalização dos últimos anos e que sofreram mais fortemente com o avanço da pandemia de covid-19 e subsequente fechamento do comércio.

“A maioria dos pequenos empreendedores destas regiões não utiliza nenhum tipo de ferramenta digital para gerir seu negócio e acaba sofrendo por manter todo o controle de estoque, vendas e pagamentos no ‘caderninho’. Apesar da pandemia ter contribuído para que muitos passassem a buscar soluções digitais para vender online, ainda existe um nível alto de desconfiança com relação às soluções existentes no mercado. Em geral, estas plataformas têm dificuldade em atender este tipo de público e não oferecem soluções customizadas para o pequeno que tem necessidades muito específicas”, conta Guilherme Freire, cofundador e CEO da Dolado.

Na visão de Antoine Colaco, sócio da Valor Capital Group, a startup também preenche um enorme gap estrutural, como a digitalização, que ajuda na gestão do negócio. “A startup leva oportunidade para o pequeno varejista operar de forma mais eficiente, se digitalizar e utilizar novas ferramentas digitais que promovem o aumento da receita”.

Foi na análise profunda das maiores dores enfrentadas sofridas por estes empreendedores que a Dolado criou um pacote de serviços completo e gratuito para apoiá-los em diferentes frentes. “A Dolado não é apenas uma plataforma de vendas online. Nós atuamos nesta frente, mas também permitimos que o pequeno empreendedor tenha acesso ao mesmo tipo de tecnologia de gestão utilizada pelas grandes empresas para que ele possa levar a gestão do seu negócio para outro patamar e assim reduzir custos e melhorar suas margens”, completa Guilherme.

Para completar, ainda ajudam difundindo conhecimento. “Mais importante do que a plataforma, é o conhecimento da importância da digitalização e, claro, como utilizá-la a seu favor. Por esse motivo, selecionamos líderes comunitários dentro desses locais que servem como analistas de negócios. Estes profissionais são treinados para orientar o empreendedor e fornecer todo o conhecimento necessário para a gestão mais eficiente de seu negócio”.

Digitalização a custo zero

Fornecer o pacote de serviços a custo zero para o empreendedor foi foco de seus criadores desde o início. “Se observamos plataformas de e-commerce disponíveis no mercado, veremos que o empreendedor deverá desembolsar, em média, R$ 100 para começar sua loja online. O valor pode parecer irrisório para muitos, porém, para o pequeno empreendedor que sofre há meses o efeito da crise, é uma fortuna”, conta Guilherme. A monetização vem a partir de uma rede de parceiros cujos serviços são utilizados pelos varejistas.

Crescimento e próximos passos

Apesar de ter sido criada em julho de 2020, a Dolado está em pleno crescimento e já conta com mais de 3 mil empresas registradas. Com crescimento médio de 77% ao mês, a empresa pretende seguir o ritmo de crescimento e fechar 2020 com a marca de 5 mil lojistas.

“Crescer é o objetivo da maior parte das startups, porém, na Dolado, queremos crescer de forma sustentável, sem comprometer nosso relacionamento com empreendedores, fortalecido pelos líderes comunitário, ou analistas de negócios, que os acompanham em suas jornadas. Só poderemos crescer se nossa rede de analistas crescer na mesma proporção para podermos seguir dando todo o suporte necessário ao empreendedor”, completa Guilherme.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.