A Hurst Capital, plataforma de investimentos alternativos, anunciou a aquisição de duas startups da área financeira: a Watermelon, proprietária do App Renda Fixa e a Dividendos.Me, aplicativo para controle de investimentos em renda variável. Os valores não foram divulgados. “Os dois serviços são complementares aos produtos que oferecemos hoje aos investidores, tornando nosso portfólio mais completo”, afirma o CEO da Hurst, Arthur Farache.

Com cerca de 150 mil usuários ativos e 500 mil downloads, o App Renda Fixa ajuda a encontrar a melhor opção de renda fixa entre inúmeras outras funcionalidades. Seu buscador mostra cerca de 2 mil investimentos, atualizados diariamente, oferecidos por 261 instituições, entre bancos de médio e pequeno porte, financeiras, corretoras, distribuidoras, gestoras, além de robôs de investimento e plataformas de equity crowdfunding. Através da plataforma, é possível comparar o rendimento líquido entre as mais diversas opções de renda fixa.

Arthur Farache, da Hurst.

O controle societário da Watermelon será vendido nas seguintes condições: 62,5% em dinheiro e o restante em ações da Hurst. “Acreditamos fortemente que o App Renda Fixa e a Hurst possuem inúmeras sinergias e complementariedade nas suas propostas de valor. Embora ambas permanecerão independentes e focadas em seus respectivos nichos, juntas estarão fortalecidas para competir neste mercado de investimentos que está cada dia mais aquecido”, diz Francis Wagner, CEO do App Renda Fixa. 

Já a Dividendos.Me conta com mais de 66 mil usuários cadastrados. A ferramenta faz todo o acompanhamento da carteira de investimentos em ações, centralizando os resultados dos investimentos em diferentes corretoras em um único lugar, oferecendo facilidades como gráficos, notificações de dividendos a receber e material informativo diário. A Hurst adquiriu 49% da operação através de equity com opção de comprar um percentual maior no futuro.

“A parceria deixará o aplicativo ainda mais em evidência no mercado, beneficiando a startup com a todo conhecimento, recursos (financeiros e pessoais) e estrutura do time Hurst Capital. Além disso a relação ainda beneficiará a Hurst, criando cada vez mais um ecossistema onde o usuário terá à disposição o apoio a operacionalização de qualquer tipo de produto financeiro”, diz Farache.

A Hurst também anunciou a desistência da compra da Orla DTVM S.A. A operação estava vinculada ao cumprimento das condições precedentes, o que não ocorreu.

O anúncio do acordo de aquisição foi feito em agosto onde foi firmado também uma parceria operacional com objetivo de explorar atividades de distribuição de valores mobiliários.