A HubLocal, startup que integra mapas e listas para aumentar presença digital de marcas, acaba de captar um investimento de R$ 600 mil da Anjos Brasil. Com valuation atual de R$ 5 milhões, a empresa pretende alcançar o valor de R$ 30 milhões até 2021.

Segundo um estudo desenvolvido pela Boston Consulting Group (BCG), 98% de empresas, quando pesquisadas no ambiente digital, não estão em todas as plataformas de mapas e listas de forma integrada, gerando perdas significante nos negócios.

Com o objetivo de atender essa dor de mercado nasceu a HubLocal. Criada por Rodrigo Coifman e Felipe Caezar, a startup desenvolveu um sistema que permite às empresas de comércio e serviços estejam em elevada presença nas plataformas de buscas da internet, como Google Maps, Foursquare e Waze.

Rodrigo explica que cada sistema de busca e cada aplicativo no mercado possui diretrizes diferentes. “É preciso entender todos esses sistemas e compreender o que faz com que a empresa se torne mais visível. É a questão da encontrabilidade. Se formos fazer um paralelo, a gente trabalha para que nossos clientes, se fossem buscados no Google, por exemplo, aparecessem sempre nos primeiros resultados. E isso gera um retorno nos negócios muito significativo”, aponta.

Com essa expertise no digital, a HubLocal ganhou força durante a pandemia e cresceu 40%. Além disso, em setembro a startup assinou um contrato com a Hapvida, maior operadora de planos de saúde do Norte e Nordeste brasileiro, ultrapassando assim a marca de 1 mil empresas assinantes do serviço que oferecem.

Com isso, a startup que cresceu mais de mais de 1.000% entre 2019 e 2020, anunciou o investimento de R$ 600 mil da Anjos Brasil em sua primeira rodada de investimentos chegando ao valuation de R$ 5 milhões.

“Nossa estratégia é entregar novas funcionalidades para nossa plataforma até o início de 2021, que nos permitirá atingir cerca de 80 mil assinantes nos próximos 5 anos”, afirma Felipe.

Além do aporte recebido, a startup passou a fazer parte do Cubo Itaú, hub de empreendedorismo e inovação, e também está no programa de aceleração Scale Up da Endeavor Brasil. Com esse crescimento, a expectativa é que em 2021, quando abrir a segunda rodada de investimento, o valuation da HubLocal seja de R$30 milhões.

O crescimento da empresa está relacionado com a necessidade das empresas de se destacarem no ambiente digital. “Empresas que apostaram no reforço da presença de marcas e lojas no ambiente online, surfaram nos bons resultados de vendas desde março deste ano. O aumento do comércio no meio digital é reflexo do fechamento das lojas físicas durante a pandemia, colocando a internet como um dos principais canais para as movimentações. Com foco nisso, a startup HubLocal, vem ajudando clientes a ampliarem ainda mais os retornos financeiros em vendas de produtos, chegando a dobrar o faturamento de algumas empresas apenas deixando-as mais ‘visíveis’ para os consumidores”, fala Felipe.

Uma das empresas que viram seus resultados aumentarem usando a solução da HubLocal foi a rede de farmácias Pague Menos. Em fase de ampliação para 1.600 lojas em 400 cidades até 2022, a rede, em um mês, viu crescer em 150 mil o número de ligações de clientes procurando medicamentos. Ainda na esteira de bons resultados, a rede de laboratórios de exames Clementino Fraga viu o faturamento dobrar após adotarem a estratégia de presença digital aplicada pela startup.

Rodrigo também fala sobre os planos da empresa. “Nossa estratégia é entregar novas funcionalidades para nossa plataforma até o início de 2021 que nos permitirá atingir cerca de 80 mil empresas assinantes nos próximos 5 anos”, conclui o empreendedor.