Terremotos acontecem diariamente em todo o mundo, com centenas de milhões de pessoas vivendo em regiões sujeitas a abalos. A infraestrutura pública para detectar e alertar a todos sobre um terremoto ainda é cara para construir e implantar e, em muitos casos, um alerta precoce pode ajudar as pessoas a se prepararem para o tremor.

Pensando nisso, o Google viu uma oportunidade de usar o Android para fornecer às pessoas informações oportunas e úteis sobre terremotos quando elas pesquisam, bem como alguns segundos de aviso para que elas mesmas e seus entes queridos fiquem em segurança, se necessário.  

Envio de alertas de terremoto para dispositivos Android na Califórnia

Inicialmente, o serviço de detecção de terremotos do Google funcionará diretamente para dispositivos Android na Califórnia, nos Estados Unidos, e vai contar com a colaboração do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) e o Gabinete de Serviços de Emergência do Governador da Califórnia (Cal OES) para enviar alertas. Desenvolvido pelos principais sismólogos do país, o sistema, chamado de ShakeAlert, usará sinais de mais de 700 sismômetros instalados em todo o estado.

Construindo a maior rede de detecção de terremotos do mundo 

A instalação de uma rede terrestre de sismômetros, como fez a Califórnia, pode não ser viável em todas as áreas impactadas ao redor do mundo. Assim, a partir de hoje, quem tiver um telefone Android pode fazer parte do “Android Earthquake Alerts System”, em qualquer parte do planeta. A ferramenta vai funcionar como um minissismômetro, juntando-se a milhões de outros telefones Android para formar a maior rede de detecção de terremotos do mundo. 

Todos os smartphones vêm com minúsculos acelerômetros que podem detectar sinais que indicam que um terremoto pode estar acontecendo. Se o telefone detectar algo que acredita ser um terremoto, ele enviará um sinal para o servidor da empresa de detecção de terremotos, juntamente com uma localização aproximada de onde o tremor ocorreu.

O servidor então combina informações de vários telefones para descobrir se um terremoto está acontecendo. Ao pesquisar “terremoto” ou “terremoto perto de mim”, o usuário encontrará resultados relevantes para a sua área, junto com recursos úteis sobre o que fazer após um terremoto.

Apesar dos alertas de terremoto começarem na Califórnia, como mencionado, a empresa declarou que no próximo ano, os usuários podem esperar para ver os alertas de terremoto chegando a mais estados e países.