A Uber anunciou a aquisição da Postmates, aplicativo de entrega de refeições, por aproximadamente US$ 2,65 bilhões em uma transação com todas as ações. O anúncio foi feito nesta segunda-feira.

Essa transação vai reunir a plataforma global Rides e Eats da Uber com o negócio de entrega da Postmates nos EUA. Segundo anúncio, a Postmates é complementar ao Uber Eats, com áreas de foco geográfico diferenciadas e informações demográficas dos clientes, além do forte relacionamento da empresa com restaurantes de pequeno e médio porte. Ela também foi pioneira na “entrega como serviço”, o que complementa os crescentes esforços da Uber na entrega de mantimentos, itens essenciais e outros bens.

Para restaurantes e comerciantes, as empresas juntas oferecerão mais ferramentas e tecnologia para se conectarem de maneira mais fácil e econômica a uma base maior de consumidores. Os consumidores, por sua vez, se beneficiarão de uma ampla variedade de restaurantes e os entregadores terão mais oportunidades de obter receita, com o aumento de pedidos.

“A Uber e a Postmates compartilham a crença de que plataformas como a nossa podem fornecer muito mais do que apenas entrega de alimentos – elas podem ser uma parte extremamente importante do comércio e comunidades locais, ainda mais importante durante crises como a da covid-19. À medida que mais pessoas e mais restaurantes passaram a usar nossos serviços, as reservas do segundo trimestre no Uber Eats aumentaram mais de 100% ano a ano. Estamos entusiasmados em receber a Postmates na família Uber, pois inovamos juntos para oferecer melhores experiências para consumidores, entregadores e comerciantes em todo o país ”, disse Dara Khosrowshahi, CEO da Uber.

“Nos últimos oito anos, nos concentramos em uma única missão: permitir que qualquer pessoa tenha qualquer coisa entregue a eles sob demanda. A união de forças com a Uber continuará essa missão, à medida que continuamos a construir Postmates, criando uma plataforma ainda mais forte que dá vida a essa missão para nossos clientes. Uber e Postmates têm sido fortes aliados trabalhando juntos para advogar e criar as melhores práticas em toda a nossa indústria, especialmente para nossos correios. Juntos, podemos garantir que, à medida que nossa indústria continua a crescer, o faça para o benefício de todos nas comunidades que servimos ”, disse o cofundador e CEO da Postmates, Bastian Lehmann.

Atualmente, a Uber estima que vai emitir aproximadamente 84 milhões de ações ordinárias por 100% do patrimônio totalmente diluído da Postmates. A transação está sujeita à aprovação dos acionistas da Postmates e a outras condições habituais de fechamento e só deve ser concluída no primeiro trimestre de 2021.