A gestora de venture capital Iporanga Ventures anunciou hoje um aporte na startup Classpert, uma plataforma global de comparação e busca de cursos online. A rodada, liderada pela gestora, somou R$ 5 milhões em recursos e contou com a participação do fundo de investimentos Canary e de dois investidores-anjo ligados à educação: Eduardo Wurzmann, fundador do Ibmec, e Mario Pinheiro, fundador do Estratégia Concursos.

Ao todo, hoje a empresa já agrupa em seu buscador informações sobre mais de 220 mil cursos online em 10 idiomas. Com o investimento, a Classpert pretende ampliar seu time de colaboradores, tornar a plataforma mais robusta para receber novos parceiros e ampliar os serviços atualmente disponíveis, chegando a 1 milhão de cursos em 18 meses.

“Atuamos em um mercado que é inerentemente global, ou seja, de um segmento que tem pouca regionalização. Hoje, para nós não existem muitas barreiras locais. A gente criou a Classpert com uma ideia bastante ambiciosa, que é a de ser um hub global de cursos online. Nós queremos ser o ponto de entrada para as pessoas que buscam se aperfeiçoar em suas áreas ou até mesmo iniciar uma formação completa. Reunimos desde cursos de idiomas até mesmo cursos de programação para públicos de diversas faixas etárias e em diferentes níveis de instrução”, explica Felipe Jordão, CEO e um dos fundadores da startup, que já contabiliza vendas em 110 países.

A Classpert direciona os usuários para cursos online em áreas como ciências de dados, marketing e desenvolvimento pessoal. Com menos de dois anos em operação, a empresa já é parceira de grandes plataformas desse segmento de ensino, como Udemy, Coursera e edX.

Além disso, o serviço também direciona os usuários para MOOCs (sigla para massive open online course) gratuitos oferecidos por instituições e companhias como Harvard, Stanford, MIT, USP, Insper, Unicamp e Google. “A Classpert pode ser vista como um TripAdvisor mesclado com um Booking da Educação”, comenta Jordão.

O aporte atual é classificado como um aporte Seed. Antes dele, a empresa recebeu um aporte pré-seed pela Quero Educação – empresa que tem entre seus fundadores Thiago Brandão, um dos sócios da Classpert desde o início da empreitada. Foi através dessa aproximação entre as duas empresas, aliás, que a Iporanga Ventures entrou no radar do projeto. A Quero Educação recebeu um de seus primeiros cheques da Iporanga em 2011, ainda nos primeiros meses de vida da startup.

“A aposta certeira que a Iporanga fez na Quero Educação lá atrás nos tornou uma gestora muito atenta ao mercado de educação”, explica Leonardo Teixeira , sócio da Iporanga. Para ele, como um dos reflexos do atual cenário de isolamento, o segmento de educação a distância, que movimentou cerca de US$ 200 bilhões em 2019, ganhou ainda mais impulso. “O nosso encontro com a Classpert iniciou pouco antes da pandemia, quando o cenário ainda era outro. Já gostávamos da empresa em um contexto regular de mercado, e a pandemia acelerou ainda mais as vendas. Estamos bastante contentes com o investimento” acrescenta Leonardo.

“É incrível ver um time tão forte de fundadores se dedicar à difícil missão de melhorar a educação no país. Estamos orgulhosos de fazer parte da jornada da Classpert desde o comecinho”, diz Marcos Toledo, cofundador e sócio-gerente do Canary.