PUBLIEDITORIAL

O Brasil é um dos países com o envelhecimento populacional mais acelerado do mundo, e a população com mais de 60 anos já chega a cerca de 30 milhões. Este público movimenta US$ 15 trilhões por ano globalmente e é a terceira maior atividade econômica do mundo. No Brasil, representa quase 20% do consumo: cerca de R$ 1,6 trilhão/ano.

Pensando nesse público, a Neo Acelera, aceleradora social da Neo Química, marca líder nas categorias de genéricos e similares em que está presente, lançou a segunda edição do seu programa de aceleração com o tema “Longevidade Ativa”.

O programa, desenvolvido em parceria com Yunus Negócios Sociais, com apoio da Pipe.Social e da consultoria Hype60+, apoiará negócios sociais voltados para os desafios da maturidade, que já impactem seu público alvo e tenham potencial para ganhar escala.

“Escolhemos o tema da longevidade ainda antes da pandemia, e sua relevância ficou ainda mais clara para nós após os últimos acontecimentos. A população madura já era um grupo social carente de soluções específicas para as suas necessidades e essa questão se intensificou por ser, esse grupo, o que sente com maior intensidade os impactos da doença, afirma Natalia Niro, gerente executiva da Neo Química.

As soluções das startups devem estar relacionadas aos seguintes temas: Aprendizagem ao longo da vida; Ocupação e vida profissional; Planejamento financeiro e saúde financeira; Mobilidade e autonomia; Movimentação e segurança; Gestão integrada da saúde; Cuidado e acompanhamento pessoal; Mente ativa e saudável; e Cuidados com o fim da vida.

Durante três meses, os empreendedores selecionados terão capacitação abrangendo três bootcamps online, conexão com mentores da Neo Química e especialistas do mercado e acompanhamento semanal da equipe da Yunus Negócios Sociais para o desenvolvimento de soluções relevantes para o público 60+. Ao final, um dos empreendimentos poderá receber um aporte de até R$ 150 mil para aumentar o impacto do seu negócio.

“Sabemos que iniciativas para uma longevidade ativa intrinsecamente significam uma oportunidade de impacto social, já que estamos falando de uma população esquecida em termos de oportunidade e inovação. Com o programa de aceleração deste ano, queremos ir além e endereçar os desafios da longevidade na base da pirâmide. Quais são os principais desafios dos longevos nesse contexto? Como garantir igualdade de acesso a produtos e serviços, para que todos tenham a oportunidade de uma velhice saudável e ativa? É um desafio contundente, mas é onde focamos aqui na Yunus Negócios Sociais”, afirma Túlio Notini, diretor da unidade de Corporate da instituição no país.

Em 2019, a Neo Acelera selecionou oito startups para o programa com foco na atenção primária à saúde. O UPSaúde Health Tech, aplicativo criado por empreendedores da Paraíba, foi escolhido para receber o investimento em dinheiro e a Oriente-me, startup de psicoterapia online, tornou-se parceira da marca, por meio de atuação pela plataforma NeoPharma.

O programa de aceleração da Neo Química reforça o posicionamento da marca – A saúde de todos é a nossa vocação – e o propósito de ajudar a garantir o direito à saúde de todo brasileiro, por meio da promoção de relações potentes que auxiliem, acelerem e potencializem a saúde no Brasil.

As inscrições podem ser feitas até 12 de julho pelo site.